Paraíba

Único prefeito do PT na Paraíba não esquece rasteira de Ricardo e dispara: “não esqueço jamais da sabotagem à prefeitura de Picui”

Foto: Divulgação

Único prefeito paraibano, filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT), Olivânio Remígio, emitiu nota na tarde desta terça-feira (27), e se posicionou veementemente contra a suposta filiação do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), aos quadros da sua sigla.

Na nota, o gestor disse que não se esquece do que já passou nas mãos de Coutinho enquanto ele foi governador.

Confira a nota do prefeito Olivanio Dantas Remígio: “Não desejo boas vinda a Ricardo Coutinho, pelo seu possível regresso ao PT da Paraíba.Sei o que o senhor fez comigo quando ocupava o palácio do governo. Sei o que o senhor fez comigo quando Lula veio à Paraíba em 2017. Não esqueço jamais o que junto com um deputado da minha terra, fizeste para sabotar o governo da única prefeitura do PT na Paraíba. Defendo um palanque amplo para Lula na Paraíba, incluindo outras forças progressistas. Tenho 20 anos de filiação ao PT, seis disputas a cargos eletivos, dos quais sai vitorioso em cinco, nunca sai do partido, nem pretendo, porém, tenho elementos de sobra para não aceitar sua filiação!”.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Projeto de Veneziano regulamenta apresentação artística nos transportes públicos

Foto: Bárbara Lopes / Agência O Globo

O Projeto de Lei 3964/19, do Senado, permite a realização de apresentações culturais e manifestações artísticas em infraestruturas de mobilidade urbana, como vias públicas, estacionamentos e paradas de transporte coletivo, inclusive no interior de veículos. O texto está em análise na Câmara dos Deputados.

A proposta estabelece que o poder público incentivará e garantirá o exercício dos direitos culturais no âmbito dos serviços públicos de mobilidade urbana. Assim, serão permitidas apresentações culturais e manifestações artísticas nos espaços previstos na Política Nacional de Mobilidade Urbana.

Deverão ser observadas as regras para acesso e utilização dos serviços públicos, como metrôs, ônibus e balsas, entre outros. Pelo texto, as apresentações serão gratuitas, exceto se houver autorização do poder público para cobrança, mas os artistas estarão livres para pedir contribuições espontâneas do público.

Conforme o autor da proposta, senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), mais próximas da população, a arte de rua e suas diversas manifestações acontecem diariamente em muitas cidades. “A intenção é proteger e incentivar a prática, garantindo aos artistas profissionais o direito ao trabalho”, disse o parlamentar.

Tramitação – O projeto será analisado pelas comissões de Cultura; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois seguirá para o Plenário.

Agência Câmara de Notícias

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraíba

Anísio Maia garante que 80% dos petistas apoiam reeleição de João Azevêdo

Foto: Reprodução

O deputado estadual Anísio Maia afirmou na tarde desta terça-feira (27)   que 80% dos petistas apoiam o projeto de reeleição do  governador João Azevêdo. “A nossa aproximação com o governador vem de longe e que agora foi consolidada ainda mais”, disse o parlamentar dura entrevista ao Programa Arapuan Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação.

Ao falar sobre as filiações das deputadas Cida Ramos, Estela Bezerra  do ex-governador Ricardo Coutinho e  do deputado Jeová Campos, Anísio  Mai foi enfático: “ Essas pessoas em vez de somar, vão diminuir e com relação a Ricardo Coutinho tenho certeza de que ele só trará problemas para a partido porque ele não concorda com a forma do PT de governar.  “A gente discute tudo de forma coletiva e não impondo decisões particulares de goela abaixo,  e ao que parece Ricardo já vem com a missão  de se eleger senador”, afirmou

“A gente tem  que entrar em um partido pela porta da frente e não pela dos fundos,  e o que essas pessoas querem, ao ingressar do PT,  é simplesmente  ter  um partido para se eleger e com isso garantir uma posição na política” finalizou Anísio Maia.

Portal Paraiba.com

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

VEJAM OS DETALHES: Câmeras de segurança mostram que ninguém entrou e Joice também não saiu do apartamento de quinta a terça-feira

Foto: TV Globo/Reprodução

A Câmara dos Deputados concluiu as investigações sobre o incidente no apartamento da deputada federal Joice Hasselmann (PLS-SP), nesta terça-feira (27), e encaminhou o inquérito para o Ministério Público Federal. O Departamento de Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados (Depol) realizou perícia em 16 câmeras do prédio onde mora a parlamentar, em Brasília, e ouviu funcionários que trabalham no local.

O Depol enviou o inquérito para o Ministério Público Federal (MPF). As investigações foram recebidas pelo procurador Wellington Divino Marques de Oliveira que, por sua vez, decidiu devolver o inquérito para a Polícia Legislativa. Ele afirmou que só vai se manifestar após o término de todos os laudos periciais, mas não detalhou quais faltam.

Nesta terça-feira, mais cedo, a Secretaria de Comunicação da Presidência da Câmara dos Deputados disse à TV Globo que o Depol não identificou a entrada de nenhuma pessoa estranha no prédio onde mora Joice, no período de 15 a 20 de julho. A nota também diz que a perícia concluiu que a parlamentar não saiu do imóvel durante nesse período (veja abaixo).

Foto: Reprodução

Mais tarde, uma segunda nota divulgada pela assessoria de comunicação da Câmara dos Deputados excluiu essas duas informações (veja abaixo). O G1 questionou a assessoria sobre a diferença entre as duas notas e o órgão respondeu que não confirma as informações divulgadas à imprensa pela Secom da Presidência da Câmara mais cedo.

Goto: reprodução

A Câmara também garante que há segurança nos apartamentos funcionais dos parlamentares. “Os prédios possuem vigilância armada e porteiros, ambos 24 horas por dia, 7 dias por semana. Além disso, há câmeras de segurança e rondas ostensivas, com viatura caracterizada”, diz. Segundo o departamento, outras informações sobre a investigação do caso da deputada Joice Hasselmann, no âmbito do Depol, são sigilosas, conforme artigo 20 do Código de Processo Penal.

Blog do BG com G1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraíba

Presidente do MDB João Pessoa defende chapa Veneziano e Luciano em 2022, para o governo do estado

Foto: Divulgação

O vereador Mikika Leitão, revelou que o MDB, partido ao qual é filiado na Paraíba, já se articula para indicar o presidente Estadual da legenda, senador e vice-presidente do Senado, Veneziano Vital do Rêgo, para disputar o Governo Estadual nas Eleições 2022.

O comentário do parlamentar foi feito nesta terça-feira (27), durante entrevista ao apresentador Gerardo Rabello, no programa Muito Mais, da TV Band Manaíra.

Mikika Leitão afirma que a chapa ideal, encabeçada por Veneziano, teria que ter um nome de João Pessoa. Mikika afirma que a sigla está analisando nome por nome e, inclusive, o ex-prefeito da capuital, Luciano Cartaxo (PV), está sendo estudado para ocupar a vaga de vice

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bolsonaro é refém do Centrão, afirma Lula

Foto: Sérgio Lima/Poder360 18.02.2020

O ex-presidente Lula (PT) afirmou, em entrevista à Rádio Difusora de Goiás, na manhã desta terça-feira (27), que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido)está “refém” do Centrão. A fala se dá no mesmo dia em que o senador Ciro Nogueira (PP-PI) aceitou o convite de Bolsonaro para assumir o ministério da Casa Civil.

“Bolsonaro dizia que ‘vamos acabar com a velha política’. Qual é a nova política do Bolsonaro? Ficar refém do Centrão”, disse Lula.

Na última 5ª feira (22.jul), Bolsonaro afirmou que integrava o bloco políticodurante anúncio da reforma ministerialprevista para acontecer nesta semana. Ciro Nogueira, que esteve na base de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Lula (PT), Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB) participou de reunião com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto nesta 3ª feira para oficializar a nomeação.

VICE

Lula afirmou ainda que, caso se candidate nas próximas eleições, vai procurar um vice como José Alencar, o qual assumiu a vice-presidência da República durante os 2 mandatos de Lula. “Se eu for candidato, eu vou procurar uma pessoa que eu gosto, que a sociedade confie, e que eu durma tranquilo sabendo que ele tá lutando pelo país”, declarou o ex-presidente.

RAINHA DA INGLATERRA

O ex-presidente chegou a comparar Bolsonaro a rainha Elizabeth 2ª, da Inglaterra, ao afirmar que o Brasil está “desgovernado”. “O presidente não fala uma palavra como governador. Quem está governando o Brasil é o Guedes e o presidente da Câmara (Arthur Lira). O presidente (Bolsonaro) hoje é uma rainha da Inglaterra”, disse.

Poder 360

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraíba

FOTO: Ricardo Coutinho de volta ao PT

Foto: reprodução / Instagram

O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), fez uma viajem a São Paulo e aproveitou para se reunir com a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann e o ex-presidente Lula.

Ricardo pousou nas redes sociais em um registro fotográfico com os dois representantes políticos do Partido dos Trabalhadores. O ex-governador tem tido um diálogo constante com a legenda no sentido de retornar ao partido para as eleições de 2022.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Ciro Nogueira encontra Bolsonaro e confirma que assumirá Casa Civil

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O senador Ciro Nogueira (PP-PI) se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na manhã desta terça-feira (27). Ele confirmou que assumirá o cargo de ministro-chefe da Casa Civil.

A reunião confirma a reforma ministerial anunciada por Bolsonaro na última semana. O encontro deveria ter ocorrido na tarde desta segunda-feira (26), no entanto, o senador que estava no México enfrentou problemas técnicos com o voo e a data da reunião foi alterada.

Foto: reprodução

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

‘Sem comentários’, diz Mourão sobre crítica feita por Bolsonaro

Foto: Metrópoles

No Peru, onde representará o Brasil na posse do novo presidente Pedro Castillo, o vice-presidente brasileiro Hamilton Mourão evitou nesta terça-feira (27) responder ao presidente Jair Bolsonaro.

Em entrevista a uma rádio da Paraíba, o presidente afirmou que o vice-presidente por vezes “atrapalha um pouco”, mas que ele tem de aturar.

“Sem comentários”, disse Mourão à CNN.

Na mesma entrevista, Bolsonaro afirmou que a escolha do seu candidato a vice-presidente nas eleições de 2018 foi feita “muito em cima da hora” e que, se for candidato, poderá optar por outro perfil na disputa do próximo ano com o objetivo de agregar mais.

“O Mourão faz o teu trabalho. Ele tem uma independência muito grande, por vezes atrapalha um pouco a gente, mas o vice é igual cunhado: você casa e tem que aturar o cunhado do teu lado. Você não pode mandar o cunhado ir embora”, disse o presidente.

A declaração irritou auxiliares e aliados de Mourão, para os quais a crítica pública acaba criando maior desgaste ao governo. Para eles, a avaliação pejorativa de Bolsonaro sobre um general quatro estrela também não contribui para a imagem das Forças Armadas.

CNN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

PT quer reforçar segurança de Lula contra atentados na campanha de 2022

Foto: Ricardo Stuckert

O PT está discutindo um reforço na segurança de Luiz Inácio Lula da Silva durante a campanha eleitoral que o ex-presidente quer disputar para tentar voltar ao Palácio do Planalto em 2022.

O tema é debatido internamente pelo partido que alega que a motivação seja a radicalização no ambiente político e a suposta natureza de alguns apoiadores do presidente Jair Bolsonaro.

Em 2018, foi Bolsonaro quem foi avó de um atentado que quase perdeu a vida. Ele foi esfaqueado por um ex-filiado do PSOL enquanto fazia campanha em Minas Gerais.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *