CMJP

Vereador Bosquinho desiste de pré-candidatura e diz que não sobe em palanque de petistas

Foto: Reprodução

O vereador de João Pessoa, Bosquinho (PV), afirma que não vai mais disputar uma vaga na Assembleia Legislativa, após o anúncio de federação do seu partido com o PT e PCdoB. O vereador afirmou que não sobe em palaque de Lula e nem de envolvidos na Operação Calvário.

“Então uma coligação onde tenha Luis Inácio Lula da Silva e a turma daqui, o vereador Bosquinho não pode participar”, atestou.

O parlamentar támbém lamentou a federação durante entrevista a TV Correio e destacou que a direção nacional do partido não consulta os agentes municipais. “Nós tentamos um diálogo com nossos partido e observamos com maus olhos uma federação criada em Brasília, porque isso não passa por decisão municipal nem estadual, e foi feita uma federação entre PT, PCdoB e PV”, disse.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CMJP

CMJP marca audiência pública para apresentação do projeto da LDO 2023

Imagem: Ascom CMJP

A Câmara Municipal de João Pessoa, através da Comissão de Finanças, Orçamento, Obras e Administração Pública, realiza no próximo dia 02 de junho, às 11h, audiência pública para apresentação do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO. O projeto servirá como orientação para elaboração do orçamento financeiro exercício financeiro 2023.

A audiência contará com a presença de todas as secretarias da Administração Pública do município de João Pessoa, a exemplo da Secretaria Executiva da Transparência Pública; Controladoria Geral do Município; Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil; Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana; Fundação Cultural de João Pessoa, entre outras.

As emendas (limitadas a cinco por cada parlamentar) ao Projeto da LDO serão apresentadas pelos vereadores junto à Comissão de Finanças no próximo dia 14 de junho, através do Sistema de Apoio ao Processo Legislativo – SAPL. A relatoria da LDO 2023 será do vereador Bosquinho (PV). A apresentação do relatório e a votação do parecer na Comissão de Finanças, Orçamento, Obras e Administração Pública (CFOOAP) será no dia 20 de junho e a votação em plenário acontece no dia 21 do mesmo mês.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CMJP

UNANIMIDADE: Dinho Dowsley é reeleito presidente da CMJP

Foto: Reprodução

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, vereador Dinho Dowsley, foi reeleito, por unanimidade, nesta terça-feira (15), para a presidência da Casa no biênio 2023/2024. A convocação aconteceu pouco depois da aprovação de mudança na lei orgânica da Câmara de João Pessoa que passou a permitir a reeleição para qualquer cargo da mesa.

Apenas uma chapa foi inscrita para o pleito, com o atual presidente Dinho concorrendo à reeleição. Os demais integrantes da chapa são: Carlão (Primeiro Presidente), Bosquinho (Segundo Presidente), Marcílio do HBE (Primeiro Secretário), Odon Bezerra (Segundo Secretário), Zezinho Botafogo (Terceiro Secretário).

Os atuais vereadores tomaram posse em janeiro de 2021 e realizaram a eleição dos dois biênios na mesma sessão. À época ficou acordado que o primeiro turno seria presidido pelo vereador Dinho e o segundo pelo vereador Bruno Farias. O resultado da eleição foi alvo de questionamentos na Justiça.

A proposta de mudança na lei orgânica foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e devolvida ao plenário da Câmara para ser apreciada e os vereadores aprovaram por unanimidade a alteração.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia

PREJUÍZO: Bandido assalta guichê de rodoviária e leva dinheiro apurado do fim de semana

Foto: Reprodução

Uma funcionária de um guichê da rodoviária de João Pessoa foi abordada por um suspeito enquanto chegava para trabalhar na manhã desta segunda-feira (28).

O homem armado realizou um assalto dentro do estabelecimento, que pertence a uma das empresas de ônibus que operam no local. Segundo a PM, o criminosos teve acesso a valores apurados durante o fim de semana.

As guarnições foram acionadas em seguida, mas o criminoso conseguiu fugir antes da chegada. Imagens das câmeras de segurança poderão ajudar no esclarecimento sobre o crime, além da identificação do autor.

Portal T5

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CMJP

PREVENÇÃO: CMJP adia retorno dos trabalhos após testagem em servidores

Imagem: Ascom CMJP

O alto número de servidores contaminados pela Covid, na Câmara Municipal de João Pessoa, fez a Mesa Diretora da Casa adiar o retorno dos trabalhos desta quinta-feira (10) para a próxima terça (15). A decisão tem como base a testagem dos profissionais e vereadores da Casa. Ao todo, 36 deles – quase todos assintomáticos – testaram positivo para a doença.

A quinta e a sexta-feira desta semana, dias 10 e 11, serão dedicadas à realização de sanitização nas dependências do Legislativo. O período servirá, também, para que parte das pessoas que testaram positivo para a Covid-19 cumpram o período de isolamento e possam retornar ao trabalho na próxima semana. O programa de testagem teve início no dia 2 deste mês e, desde então, 249 servidores foram testados.

O retorno dos trabalhos na Câmara será aberto na terça-feira com a leitura da mensagem do prefeito Cícero Lucena, na linha do que ocorre tradicionalmente.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CMJP

FORÇA-TAREFA: Vereador pretende derrubar veto de Cicero a proibição do passaporte da vacina

Foto: Reprodução Instagram

Após veto do prefeito Cícero Lucena ao projeto que desobriga o passaporte da vacina em João Pessoa, o vereador Tarcísio Jardim anunciou que fará força tarefa para derrubar o veto na Câmara de Vereadores.

O vereador negou que seja negacionista, mas que defende a liberdade. “Somos a favor da vacina, mas somos a favor da liberdade. Então, tivemos 11 votos a favor do projeto, precisamos de 14 para derrubar o veto e vamos atrás desses”, destacou.

O parlamentar disse, ainda, que espera contar com o apoio dos vereadores que aprovaram o projeto. “Queremos saber se os 11 vereadores que aprovaram o projeto estarão juntos na hora da derrubada do veto, eu acredito que sim”, disse em entrevista ao Sistema Arapuan.

Por outro lado, o vereador Marcos Henrique defendeu o veto e disse que vai votar pela manutenção do texto. “É o que é mais logico e coerente com a vida e com a ciência”, ponderou.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CMJP

Comissão da CMJP aprova proibição de contratação de “fichas sujas” pela PMJP

Foto: CMJP

A Comissão de Finanças, Orçamento, Obras e Administração Pública (CFO) da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) aprovou nesta quinta-feira (16) o projeto que proíbe a nomeação, no âmbito da Administração Pública Direta e Indireta, para os cargos efetivos e em comissão de livre nomeação e exoneração, de pessoas que tiverem sido condenadas na ‘Lei Maria da Penha’, no ‘Estatuto da Criança e do Adolescente’, na ‘Lei de Crimes contra a Dignidade Sexual’, no ‘Estatuto do Idoso’ e na Lei de Crimes Hediondos’.

As vedações previstas, iniciam-se com a condenação em decisão transitada em julgado, até o comprovado cumprimento da pena. A única exceção está nos casos de suspensão condicional do processo penal ou da pena, onde a lei não será aplicada enquanto durarem os efeitos das medidas substitutivas e restritivas impostas na sentença penal.

Ainda de acordo com a norma, só será permitido aos que tenham praticado os crimes previstos ocupar cargo efetivo ou em comissão na Administração Pública Direta e Indireta após dois anos da reabilitação criminal. No ato da posse, deverá ser apresentada Certidão Negativa Estadual e Federal, para fins de comprovação da inexistência de condenações criminais transitadas em julgado, nos crimes referidos na nova norma.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CMJP

CMJP: CPI da Banda Larga ouve representantes da Energisa nesta segunda-feira

Foto: CMJP

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) se reúne na próxima segunda-feira (22) com representantes da Energisa.

A concessionária, por sua vez, deve explicar o ordenamento de fios e cabos dos postes da cidade, uma vez que é a concessionária que cede o uso de instalação de cabeamento nos postes de cidade para empresas provedoras de internet. A falta de ordenamento dos cabos e fios nos postes da Capital também é investigada pela CPI por colocar em risco os transeuntes e a qualidade dos serviços das operadoras.

A CPI já ouviu as empresas operadoras de internet BrisaNet, BR 27, Online Telecom, Oi e Vivo durante as reuniões. Elas explicaram sobre a importância da educação do consumidor, como se dá o acesso dos clientes aos contratos firmados, as cláusulas de fidelização, transparência nos reajustes e meios corretos de aferição da entrega dos serviços prestados. A previsão é que o relatório da CPI seja concluído ainda neste mês de novembro.

Além da Energisa, foram convidadas a prestar esclarecimentos as empresas operadoras de internet Abramulti, Tim e Claro. A ação faz parte da reta final dos trabalhos da CPI, que busca respostas das empresas sobre as principais queixas colhidas nos depoimentos.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CMJP

CPI da Banda Larga da CMJP ouve Anatel e operadoras nesta segunda-feira

Foto: CMJP

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) que investiga a prestação de serviços de internet banda larga na Capital vai ouvir a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e as operadoras Vivo e Claro na reunião desta segunda-feira (8), às 9h30. A CPI está em reta final de oitivas e a previsão de entrega do relatório é no final de novembro.

Segundo a presidente da CPI, vereadora Eliza Virgínia (Progressistas), a Anatel vai ser ouvida novamente a pedido do relator Odon Bezerra (Cidadania) que não considerou suficiente a oitiva realizada no início de outubro, com a presença do gerente regional do órgão, Thiago Botelho. “A Anatel foi novamente convidada para fazer novos esclarecimentos”, afirmou Eliza Virgínia.

Nesta segunda-feira (8), ainda há a continuação das oitivas das empresas provedoras de internet Vivo, Claro e Oi. A ação faz parte da reta final dos trabalhos da CPI e tem o objetivo de buscar respostas das empresas sobre as principais queixas colhidas até o momento pelo colegiado durante os depoimentos.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CMJP

PASSAPORTE DA VACINA: CMJP deve votar projeto para capital na próxima quinta-feira (07)

Foto: divulgação/CMJP

Os vereadores da Câmara Municipal de João Pessoa devem votar na próxima quinta-feira (7), o projeto de Lei Ordinária nº 692/2021 de autoria do vereador Milanez Neto (PV), cria na Capital, a exigência da apresentação do cartão de vacina para a entrada em locais públicos, privados, eventos culturais, esportivos ou em qualquer local em que possa haver aglomeração de pessoas em que o controle epidemiológico seja necessário.

O projeto de Lei prevê a apresentação do cartão de vacina para entrar nos seguintes locais:

  1. Academias de ginástica, piscinas, centros de treinamento e de condicionamento físico e clubes sociais;
  2. Vilas olímpicas, estádios e ginásios esportivos;
  3. Cinemas, teatros, salas de concerto, salões de jogos, circos, recreação infantil e pistas de patinação;
  4. Atividades de entretenimento, exceto quando expressamente vedadas;
  5. Locais de visitação turísticas, museus, galerias e exposições de arte, aquário, parques de diversões, parques temáticos, parques aquáticos, apresentações e drive-in;
  6. Conferências, convenções, feiras comerciais, shopping center.

Confira, aqui, a íntegra do projeto.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.