Tragédia

Número de mortos no RS sobe para 136; desaparecidos chegam a 125

Boletim divulgado na manhã deste sábado (11) pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul atualiza para 136 o número de mortos em razão das enchentes no estado. Há ainda 756 pessoas feridas enquanto 125 seguem desaparecidas.

Até o momento, 444 municípios foram afetados pelos fortes temporais que atingem o estado desde o fim de abril. Os números mostram 71.398 pessoas em abrigos, 339.928 desalojadas e um total de 1.951.402 pessoas afetadas.

O boletim contabiliza 74.153 pessoas resgatadas e 10.348 animais resgatados. O efetivo que atua neste momento no estado é de 27.589 pessoas, que contam com 4.398 viaturas, 41 aeronaves e 340 embarcações.

Guaíba e Lagoa dos Patos
Ainda de acordo com a Defesa Civil do estado, até as 7h, o nível do Rio Guaíba, na capital Porto Alegre, havia baixado para 4,59 metros (m). Já o nível da Lagoa dos Patos chegou a 2,48 m na tarde de sexta-feira (10), sendo que a cota de inundação no local é de 1,30 m.

Energia elétrica, água e telefonia
De acordo com a CEEE Equatorial, 163.707 pontos no Rio Grande do Sul seguem sem energia elétrica (9,08% do total de clientes atendidos). Já a RGE Sul informou que há 140 mil pontos sem energia elétrica (4,6% do total de clientes).

Há ainda, segundo a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), 208.606 pessoas sem abastecimento de água (7% do total de clientes atendidos).

Em relação à telefonia, a Tim informou que três municípios gaúchos estão sem serviços de telefonia e internet, enquanto a Vivo relata ter 17 cidades sem serviços de telefonia e internet. Já a Claro informou que o serviço foi normalizado em todo o estado.

Escolas estaduais
O boletim cita ainda 1.028 escolas afetadas pelas enchentes – incluindo unidades danificadas, servindo de abrigo, com problemas de transporte e de acesso, entre outros. Há, ao todo, 29 coordenadorias regionais de educação afetadas em 243 municípios, além de 358.064 estudantes impactados pelos temporais.

Rodovias
Atualmente, 78 trechos estão com bloqueios totais e parciais em 52 rodovias estaduais gaúchas, entre estradas, pontes e balsas. As informações são do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem e abrangem rodovias concedidas e também as administradas pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tragédia

Inundação atingiu 300 mil imóveis e 800 instalações de saúde no RS, indicam dados do IBGE

ImagemFoto: Daniel Marenco

A inundação histórica provocada pelas recentes chuvas no Rio Grande do Sul alagou ao menos 303 mil edificações residenciais e 801 estabelecimentos de saúde em 123 cidades, indicam dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Universidade Federal do estado (UFRGS).

Além disso, ficaram submersos total ou parcialmente 682 unidades de ensino, 1.347 templos religiosos, 2.601 propriedades agropecuárias e mais 48 mil edifícios utilizados para outras finalidades, como lojas, bancos, prédios públicos ou comerciais e construções. Os dados se referem às áreas alagadas até a segunda-feira (6), após temporais no fim de semana passado.

O cálculo foi realizado pela Folha a partir da sobreposição entre as coordenadas geográficas do Cadastro Nacional de Endereços para Fins Estatísticos (CNEFE), resultante do Censo 2022, e o mapeamento das enchentes realizado por cientistas do Instituto de Pesquisas Hidráulicas (IPH/UFRGS), com apoio da Faculdade de Arquitetura e pesquisadores voluntários.

Folha de S. Paulo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tragédia

Rio Grande do Sul contabiliza meio milhão de pessoas afetadas pelas chuvas

Chuvas no Rio Grande do SulFoto: Reprodução

As fortes chuvas que atingem o estado do Rio Grande do Sul já afetaram 510.585 pessoas, segundo balanço divulgado pela Defesa Civil do estado, às 18h, deste sábado. Dos 497 municípios, pelo menos 317 já sofreram alguma consequência dos temporais que atingem a região desde o início da semana.

A Defesa Civil confirma a morte de 55 pessoas e informa que ainda há sete em investigação. Neste sábado, a Defesa Civil passou a divulgar as mortes confirmadas em decorrência dos temporais e as em investigação para determinação da causa. Os municípios com mais óbitos são Gramado (6) e Santa Maria (6).

Até o momento, há 107 feridos e 74 cidadãos desaparecidos.

Em todo o estado, há 69 mil desalojados em 13 mil pessoas em abrigos.

Pelo menos 418,2 mil pontos estão sem energia elétrica. Há ainda 1 milhão de domicílios sem abastecimento de água (34% do total), segundo a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan).

Os municípios também estão com dificuldade de acesso a telefonia e dados móveis. De acordo com as operadoras, 90 cidades estão sem serviços da TIM, 43 sem os serviços da Vivo e 53 municípios não conseguem acesso pela Claro.

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tragédia

(VÍDEO) Idosa morre ao ser atropelada por motorista embriagado em João Pessoa

Uma idosa de 65 anos morreu após ser atropelada por um carro desgovernado, na manhã deste domingo (28), no bairro de Colinas do Sul, em João Pessoa.

O acidente foi registrado por câmeras de segurança próximas ao local.

Segundo a Polícia Militar, o motorista, que estava embriagado, invadiu a calçada e atingiu em cheio Marlene Pinheiro de Andrade, que retornava da igreja.

A vítima não resistiu ao ferimentos e morreu no local. O homem foi conduzido à delegacia, onde aguarda os procedimentos legais.

Para receber essa e outras notícias acesse o grupo do BG PB no Whatsapp

Blog do BG PB

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tragédia

TRAGÉDIA: Idosa morre após incêndio atingir apartamento na Paraíba

Incêndio aconteceu em Sousa, no Sertão do estado

Incêndio aconteceu em Sousa, no Sertão do estado (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Uma idosa, de 73 anos, morreu em decorrência de um incêndio que atingiu o apartamento em Sousa, no Sertão da Paraíba. A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros. A vítima foi identificada como Maria Josefa da Silva. Ela era aposentada.

 

O incêndio aconteceu nesta sexta-feira (15). As equipes do serviço de resgate foram ao imóvel, no bairro Jardim Iracema, após serem acionados por moradores do prédio. As chamas atingiram um apartamento no terceiro andar.

 

Inicialmente, o trabalho de combate às chamas concentrou-se no resfriamento do local. Com o controle das chamas, os bombeiros entraram no apartamento e encontraram a vítima desacordada. Ela foi encaminhada ao hospital, mas não resistiu. Os indícios sinalizam que Maria morreu após inalar uma grande quantidade de fumaça.

 

Uma perícia será realizada no imóvel para identificar se a explosão de um botijão de gás foi o que provocou o incêndio.

Para receber essa e outras notícias acesse o grupo do BG PB no Whatsapp

Com T5

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tragédia

Tragédia no Partage: Idosa, vitima de acidente é identificada e polícia realiza perícia

Foto: Paraibaonline

 

A mulher que morreu após ser atingida por fachada de vidro em shopping era aposentada e tinha 64 anos

 

Maria do Socorro Silva morava no bairro do Cruzeiro, Zona Sul da cidade.

Ela estava na companhia de duas sobrinhas quando tentava sair do espaço e foi atingida.

O CASO

parte da faixada de vidro do Shopping Partage caiu no final da tarde deste domingo (25) e acabou atingindo uma pessoa.

As informações foram confirmadas pelo Corpo de Bombeiros.

A vítima é uma senhora que foi atingida quando passava na entrada na Rua Otacílio Nepomuceno.

Polícia Militar já isolou a área e equipes da Polícia Civil já estão realizando a perícia no local.

Para receber essa e outras notícias acesse o grupo do BG PB no Whatsapp

 

Blog do BG PB com Márcio Rangel

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tragédia

Criança de oito anos morre após sofrer choque elétrico em quadra esportiva de João Pessoa

Hospital de Trauma de João Pessoa (Foto: Arquivo/TV Correio)

Uma criança de 8 anos morreu na noite desta sexta-feira (22) após sofrer um choque elétrico em uma quadra, no bairro do Róger, em João Pessoa. De acordo com as primeiras informações, Lucas Samuel Faustino da Silva estava jogando futebol e encostado em uma grade que estava eletrificada por um fio desencapado.

A quadra foi entregue pela Prefeitura de João Pessoa sem iluminação. Por isso, moradores se juntaram, por conta própria, e instalaram dois refletores no local. Acontece que um fio que conduzia energia para os equipamentos ficou à mostra, justamente o que a criança teve contato.

A criança foi levada em um carro particular para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Porém ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

O velório da criança vai ocorrer no centro Comunitário do Bairro.

Com PortalCorreio

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tragédia

Ônibus com torcedores do Corinthians capota e deixa 7 mortos em MG

Ônibus com torcedores do Corinthians capota na Grande BH — Foto: Reprodução/redes sociaisFoto: Redes Sociais

Um ônibus com torcedores do Corinthians capotou, na Rodovia Fernão Dias, na altura do KM 520, na madrugada deste sábado (19), em Igarapé na Grande BH. O veículo seguia para São Paulo após uma partida de futebol do Corinthians contra o Cruzeiro.

De acordo com informações preliminares do Corpo de Bombeiros, das 46 pessoas no veículo, sete morreram no local. Outras dez ficaram presas às ferragens. A concessionáriaque administra o trecho, Arteris Fernão Dias, informou que o motorista do ônibus perdeu o controle do veículo quando entrou na curva da rodovia, baetu contra um talude e capotou em seguida.

O motivo do capotamento do veículo ainda é desconhecido. Viaturas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e dos bombeiros trabalham para socorrer as vítimas.

O helicóptero Pégasus da Polícia Militar (PM), encaminhou uma vítima com várias fraturas para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII e, o helicóptero Arcanjo, do Corpo de Bombeiros, também irá para o local do acidente para dar apoio.

g1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tragédia

‘Implosão catastrófica’ matou todos a bordo de submarino em expedição ao Titanic

Titan

Os passageiros a bordo do submarino desaparecido Titan morreram durante o mergulho feito para visitar os restos do Titanic, afirmou a empresa que operava o equipamento.

A informação foi divulgada em comunicado pela OceanGate e confirmada posteriormente pela Guarda Costeira dos EUA.

A Guarda Costeira dos Estados Unidos, que participou das buscas ao submarino Titan, disse ter encontrado cinco destroços “que nos informaram ser do Titan”.

Um porta-voz da Guarda Costeira relatou como foi o encontro das peças.

“Inicialmente, nós vimos algo que parecia ser a parte externa da cabine de pressão. Encontramos a parte frontal e traseira da cabine de pressão. Depois, encontramos uma segunda área de destroços próxima da região, onde havia outro pedaço do casco da cabine de pressão. Isso nos leva a pensar que ela foi realmente destruída”, afirmou.

A partir disso, o órgão disse que vai mapear a região para tentar entender o que aconteceu.

Após serem questionados, os porta-vozes disseram que os destroços não foram encontrados próximos ao Titanic, a ponto de haver a suspeita de que fossem do navio que afundou em 1912. A Guarda Costeira americana informou que o tamanho e o formato dos destroços são consistentes com uma implosão castastrófica.

Os representantes da equipe de resgate ainda disseram que “é muito cedo para dizer se a implosão ocorreu logo após a descida” e que vão continuar investigando essa área de destroços para identificar possíveis causas.

O Titan levava cinco pessoas a bordo e faz parte da empresa OceanGate, que oferece tours submarinos para visitar os destroços do Titanic.

Arte mostra como é feita a busca por submarino
Equipamento grande em navio

Leia a declaração completa da empresa:

“Acreditamos que, infelizmente, perdemos nosso CEO Stockton Rush, Shahzada Dawood e seu filho Suleman Dawood, Hamish Harding e Paul-Henri Nargeole.

Esses homens eram verdadeiros exploradores que compartilhavam um distinto espírito de aventura e uma profunda paixão por explorar e proteger os oceanos do mundo. Nossos corações estão com essas cinco almas e todos os membros de suas famílias durante esse período trágico. Lamentamos a perda de vidas e a alegria que eles trouxeram para todos que conheciam.

Este é um momento extremamente triste para nossos funcionários dedicados que estão exaustos e sofrendo profundamente com essa perda. Toda a família OceanGate é profundamente grata aos inúmeros homens e mulheres de várias organizações da comunidade internacional que enviaram recursos de grande alcance e trabalharam arduamente nesta missão.

Agradecemos seu empenho em encontrar esses cinco exploradores e seus dias e noites de trabalho incansável para apoiar nossa tripulação e suas famílias.

Este é um momento muito triste para toda a comunidade de exploradores e para cada um dos familiares daqueles que se perderam no mar.

Pedimos respeitosamente que a privacidade dessas famílias seja respeitada durante este momento tão doloroso”.

BBC

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tragédia

VIDEO: Duas pessoas morrem após desabamento de prédio em Olinda

Parte de um edifício em Olinda, no Grande Recife, desabou por volta das 22h desta quinta-feira (27). Até a última atualização desta reportagem, os bombeiros haviam confirmado duas mortes e buscam dois desaparecidos. Além disso, outras quatro pessoas ficaram feridas. Segundo informações de moradores, houve um grande estrondo antes do desabamento.

Não foi divulgado os nomes das vítimas. O Corpo de Bombeiros informou que um dos mortos foi um homem de 32 anos. O corpo dele foi o primeiro a ser localizado. Durante a madrugada desta sexta-feira (28), o corpo de um adolescente de 13 anos também foi encontrado.

Já entre os socorridos com vida estão três mulheres e um homem. Além disso, um cachorro também foi resgatado com vida.

Das vítimas retiradas com vida do local, duas estavam em estado grave e duas foram resgatadas com ferimentos leves.

O que aconteceu

Moradores vizinhos ao prédio disseram que houve um grande estrondo antes do desabamento do Edifício Lene, na Rua Acapulco, no bairro de Jardim Atlântico, em Olinda.

Os bombeiros foram acionados às 22h08 para a ocorrência e chegaram ao local 20 minutos depois. Foram deslocadas três viaturas de resgate, três viaturas de salvamento e uma viatura de combate a incêndio.

A Defesa Civil de Olinda também está no local e informou que o imóvel já havia sido desocupado pela instituição.

Segundo a reportagem de TV Globo que acompanha os resgates no local, havia 16 pessoas no edifício – que tem 32 apartamentos, com térreo e três andares. Os bombeiros ainda não sabem o que causou a queda do prédio e o incêndio que aconteceu em seguida.

G1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.