Mundo

DEU RUIM: Influencer doa rim para o namorado e descobre que ele é casado após a cirurgia

Foto: Reprodução

Uma usuária do TikTok com 235 mil seguidores chocou internautas com um relato sobre uma trágica experiência amorosa em sua vida. Ao entrar numa corrente de postagens sobre relacionamentos que acabaram mal, mesmo depois de algo incrível feito por amor, Marjos Lara contou, ao som de “Favorite Crime”, da Olivia Rodrigo, que doou um rim para um ex-namorado e, após o procedimento, descobriu que ele era casado. O post ultrapassou 1 milhão de curtidas e recebeu 9,6 milhões de visualizações.

“Sem dúvida, eu ganho esse ‘trend'”, escreveu ela em espanhol na legenda do vídeo, publicado no dia 7. “Eu doei meu rim para você viver mais e quando você saiu da cirurgia sua esposa chegou”.

“Não acredito… necessito de provas. Não acredito em você, necessito de provas… não posso acreditar”, disse outro.

“Acho que já estão inventando para ganhar seguidores”, escreveu mais um.

A publicação viralizou rapidamente e virou notícia em portais do México e do Peru. Internautas reagiram com espanto à história, mas também levantaram dúvidas sobre sua veracidade, já que também neste mês repercutiu um caso de um homem que contou ter doado o rim para a sogra e depois a namorada terminou o relacionamento para ficar com outro.

Para quem duvidou de Lara e achou que era só uma brincadeira, a jovem gravou outro vídeo mostrando uma cicatriz.

“É muito fina. Admito que fizeram um bom trabalho”, explicou.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

LA NINÃ: O ano de 2021 foi um dos mais quentes da história, afirma ONU

Foto: Reprodução

Uma análise feita com dados consolidados de seis bases de dados internacionais sobre temperaturas globais mostrou que 2021 foi um dos anos mais quentes da história. Segundo a Organização Meteorológica Mundial (OMM), o ano passado está entre os sete mais quentes já registrados na história.

O grupo dos sete anos mais quentes inclui todos os anos desde 2015. Entre eles, o ano de 2016 lidera o ranking de temperatura global, seguido de 2019 e 2020.

A agência da ONU (Organização das Nações Unidas) especializada em meteorologia pontua que as temperaturas médias globais foram temporariamente resfriadas, entre 2020 e 2022, pelo fenômeno La Niña.

O La Niña é o nome dado aos efeitos do resfriamento anormal das águas do Oceano Pacífico, que altera a dinâmica de circulação na atmosfera e colabora, por exemplo, com o resfriamento da temperatura média global.

No Brasil, um dos efeitos derivados do La Niña são as chuvas que foram vistas no início do ano, que deixaram ao menos 59 mortos em 10 estados brasileiros.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Erupção de vulcão em Tonga provoca tsunami no sul do Pacífico

A erupção de um vulcão submarino no arquipélago de Tonga nesse sábado (15) provocou tsunami no sul do Pacífico.

Uma base dos Estados Unidos na Samoa Americana confirmou o alerta de tsunami e registrou grandes ondas avançando sobre a região.

Autoridades americanas informaram que há risco também de que um tsunami se forme na Costa Oeste dos EUA, no litoral dos estados de Washington e Oregon.

No Japão, a agência meteorológica do país emitiu alertas de tsunami nas primeiras horas deste domingo, além de ordens de evacuação. Ondas de até três metros são esperadas nas ilhas Amami, no sul. Ondas de mais de um metro foram registradas lá anteriormente.

Um funcionário da agência no Japão pediu às pessoas que não se aproximassem do mar até os alertas de tsunami serem suspensos. Os avisos – os primeiros em mais de cinco anos – abrangeram várias áreas específicas.

Já o Escritório Nacional de Emergências do Chile (Onemi) alertou neste sábado (15) sobre a possibilidade de um “tsunami menor” atingir a Ilha de Páscoa e a parte da costa continental. “Por precaução, saia da área de praia, devido a um tsunami menor”, disse o escritório como “medida preventiva” no caso de uma eventual ocorrência devido à erupção do vulcão.

Na Nova Zelândia, a agência de gerenciamento de emergências emitiu um aviso de tsunami nas costas norte e leste do país, prevendo correntes fortes e incomuns e ondas imprevisíveis ao longo das costas nessas áreas.

Erupção do vulcão

A erupção do vulcão submarino Hunga Tonga-Hunga Ha’apai foi registrada durante a madrugada. Ele fica localizado a de 65 km ao norte da capital de Tonga, Nuku’alofa.

Segundo a agência de notícias Associated Press, não há, inicialmente, relatos de feridos ou da extensão dos danos, mas as comunicações com a pequena nação foram cortadas.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram o maremoto avançando sobre casas em algumas ilhas da área.

Segundo o Escritório de Meteorologia da Austrália, a movimentação causou um tsunami de 1,2 metro, mas que não há risco do maremoto se aproximar do país continental.

Ondas de 83 centímetros foram registradas na capital tonganesa, segundo o Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico.

O arquipélago de Tonga fica em uma zona de grande atividade sísmica, o denominado “Círculo de Fogo do Pacífico”, devido ao encontro de placas tectônicas.

g1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

COMPLICAÇÕES: Homem teve o pênis encolhido em 4 cm após covid

Divulgação

Médicos e cientistas ainda estão tentando entender todas as consequências que o vírus SARS-CoV-2 pode causar no ser humano, e agora, mais um problema pode ser adicionado na lista. Um estadunidense relatou que o pênis dele encolheu 1,5 polegadas, cerca de 4 centímetros, após ele ter contraído covid-19 em julho de 2021. Além disso, ele também apresentou disfunção erétil.

O caso foi revelado pelo jornal britânico Daily Maily. A vítima não teve o nome revelado e é descrita apenas como um homem heterossexual na casa dos 30 anos. O paciente diz que o caso trouxe “um profundo impacto na autoconfiança e habilidades na cama”.

Após contrair covid-19 em julho de 2021, o paciente passou a sofrer de disfunção erétil. Ele fez tratamento com um urologista e o quadro foi solucionado, mas o homem notou que o membro dele havia ficado menor. O caso foi confirmado pelos médicos, que informaram que o quadro deve ser permanente, devido aos danos vasculares no tecido erétil do pênis da vítima.

A vítima deu uma entrevista ao podcast How To Do It, onde falou mais sobre o caso. ‘Meu pênis encolheu. Antes de ficar doente, eu era acima da média, não enorme, mas definitivamente maior que o normal. Agora eu perdi cerca de uma polegada e meia e me tornei decididamente menor que a média”, contou.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

SE ESSA MODA PEGA: Québec proíbe maconha e álcool para não vacinados e busca por vacina sobe 300%

Foto: Reprodução

A província de Québec, a segunda mais populosa do Canadá e a que registra mais casos da variante ômicron no país, registrou um aumento de 300% na procura por vacinas contra a Covid-19 depois de determinar que só os imunizados poderão comprar bebidas alcoólicas ou maconha.

A restrição foi anunciada pelo ministro da Saúde local, Christian Dubé, na semana passada e só começa a valer na próxima terça-feira (18). Mas, segundo ele, o número de agendamentos diários para receber a primeira dose do imunizante já saltou de 1.500 para 6.000.

Segundo o ministro, “seria bom” incomodar os que se recusam a receber a vacina, mas seu objetivo é reduzir seu contato com a parcela da população que está imunizada, proteger o sistema de saúde e proteger os não vacinados uns dos outros. “Este é um primeiro passo que estamos dando. Se os não vacinados não estiverem satisfeitos, há uma solução muito simples: vão tomar a sua primeira dose, é fácil e de graça”, disse Dubé. “Se você não quer se vacinar, não saia de casa.”

Ao anunciar a exigência, o ministro indicou ainda que outros estabelecimentos também passarão a exigir o certificado de vacina, mas há outras restrições já em vigor. No fim de dezembro, o governo de Québec impôs um toque de recolher entre 22h e 5h, proibiu reuniões privadas sob pena de multa e determinou o fechamento de escolas, universidades, cinemas, bares, restaurantes e clubes esportivos.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

FORA DO AR: Pfizer derruba vídeo em que CEO cita eficácia limitada de vacina

Foto: REUTERS/Dado Ruvic/Illustration

A farmacêutica norte-americana Pfizer tirou do ar, nesta terça-feira (11), um vídeo em que seu CEO, Albert Bourla, diz que duas doses da vacina produzida pela empresa contra a covid-19 podem não fornecer proteção contra a infecção causada pela variante ômicron.

No vídeo, o executivo afirmou: “Sabemos que as duas doses da vacina oferecem uma proteção muito limitada, se houver. As 3 doses, com o reforço, oferecem proteção razoável contra hospitalização e óbitos”.

A empresa tirou do ar o vídeo publicado na conta do Twitter do comentarista político Clay Travis. A alegação foi de que as imagens infringiram os direitos autorais da companhia.

As declarações, dadas ao Yahoo! Finance na 2ª feira (10.jan), foram alvo de críticas. “Então por que as pessoas estão sendo demitidas por não tomarem uma vacina que aparentemente não funciona mais?”, questionou um dos comentários.

Na entrevista, Bourla disse ainda que a ômicron é um alvo mais difícil do que as variantes anteriores do coronavírus, já que tem dezenas de mutações que podem escapar de parte da proteção fornecida pelas duas doses do imunizante da Pfizer.

Ainda na segunda-feira (10), o CEO disse que a Pfizer espera ter pronta uma vacina contra a covid-19 adaptada à variante ômicron até março.

A empresa começou a trabalhar em uma nova versão da vacina destinada mais especificamente a conter a variante ômicron em novembro de 2021.

A eficácia reduzida do imunizante da Pfizer contra a variante ômicron já era conhecida. Estudo da Universidade Oxford divulgado em dezembro de 2021 indicou que duas doses do imunizante induzem menos anticorpos contra a ômicron do que contra outras variantes. A conclusão agora é corroborada por declaração do próprio CEO da farmacêutica.

Poder360

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Vídeo: porta voz da casa branca da aula a repórter da fox news sobre Covid em vacinados e não vacinados

Porta-voz da CasaBranca viraliza após “dar aula” para repórter da FoxNews sobre a diferença entre vacinados e não vacinados contraírem Covid-19.

Cena aconteceu durante coletiva de imprensa na segunda-feira (10) e repercutiu no país.

Tradução: @samuelpancher

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

TRAGÉDIA: Incêndio em prédio deixa 19 mortos em Nova York; 9 vítimas eram crianças

Foto: Reprodução

Um incêndio em um prédio residencial no bairro do Bronx, em Nova York, deixou pelo menos 19 mortos neste domingo (9). Nove das vítimas eram crianças. Há ainda dezenas de feridos.

Ao menos 200 bombeiros participaram da operação para apagar as chamas, que começaram em um dúplex situado nos segundo e terceiro andares de um prédio de apartamentos de 19 andares na rua 181, no coração do Bronx.

“Sabemos que há 19 pessoas confirmadas como mortas, além de várias outras em estado crítico”, disse à emissora CNN o prefeito Eric Adams , que tomou posse no cargo há apenas uma semana.

Segundo imagens divulgadas pelo corpo de bombeiros no Twitter, as chamas cobertas por uma coluna de fumaça negra saíram por uma janela no segundo andar do edifício de tijolinhos marrons.

Nas imagens, também aparecem escadas de bombeiros alcançado andares superiores do prédio.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

VÍDEO: Vulcão entra em erupção em Galápagos

O vulcão Wolf, santuário das iguanas-rosadas de Galápagos, localizado na Ilha Isabela, entrou em erupção pela segunda vez em sete anos, informaram autoridades do parque nacional do arquipélago equatoriano nesta sexta-feira (7).

“#Galápagos | Vulcão Wolf inicia atividade eruptiva (…)” informou o Parque Nacional de Galápagos (PNG) em suas contas nas redes sociais.

Veja o vídeo:

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por @sosgalapagos (@sosgalapagos)

FrancePress

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

ÔMICRON: Estados Unidos têm número recorde de crianças hospitalizadas com Covid-19

Foto: Reprodução

Mais crianças estão sendo hospitalizadas com Covid-19 do que nunca nos Estados Unidos, à medida que o domínio da variante Ômicron se intensifica.

Uma média de 672 crianças foram admitidas em hospitais do país todos os dias com Covid-19 durante a semana que terminou no domingo (2), o maior número da pandemia, de acordo com dados dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

Os EUA tiveram mais de 325.000 novos casos entre crianças durante a semana encerrada em 30 de dezembro, de acordo com dados publicados esta semana pela AAP. O dado marca um aumento de 64% em novos casos na infância em comparação com a semana anterior, disse a AAP.

Cerca de 1.045 crianças menores de 18 anos morreram de Covid-19, disse o CDC.

E em todas as faixas etárias, as hospitalizações por Covid-19 alcançaram um novo marco.

Na terça-feira (4), 112.941 americanos foram hospitalizados com Covid-19, de acordo com dados do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos.

O novo número excede em muito o pico de hospitalizações durante o aumento repentino da variante Delta – quase 104.000 no início de setembro. Também está crescendo em direção ao número alto e pandêmico de pacientes com Covid-19 hospitalizados em um único dia – 142.246, em 14 de janeiro do ano passado.

“Infelizmente, esta é a consequência de uma variante altamente transmissível, a variante Ômicron”, disse o cirurgião-geral dos Estados Unidos, dr. Vivek Murthy, à CNN na terça-feira.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *