Paraíba

PESQUISA BG/CONSULT ESTIMULADA SENADO: Cássio Cunha Lima aparece como favorito ao senado em disputa com Efraim, Couto e Aguinaldo

Em um novo cenário da disputa, dessa vez para o Senado Federal, o Instituto Consult, contratado pelo Blog do Bg, em João Pessoa aponta favoritismo de Cássio Cunha Lima (PSDB) em relação a Efraim Filho (DEM), Luiz Couto (PT) e Aguinaldo Ribeiro (PP).

De acordo com o levantamento, o tucano Cássio Cunha Lima venceria com 20,25%. Em segundo lugar apareceria o democrata Efraim Filho com 12,63%, seguido de Luiz Couto com 8,13%. Em último lugar ficaria Aguinaldo Ribeiro, com 6% da preferência do público pessoense.

A pesquisa apontou ainda que 39,50% dos pessoenses não votariam em nenhum desses nomes e outros 13,50% não sabem dizer.

O levantamento foi realizado entre os dias 17 e 19 de junho. Os resultados da pesquisa têm margem de erro máximo de 3,4% e confiabilidade de 95%.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraíba

PESQUISA BG/CONSULT ESTIMULADA GOVERNO – João Azevêdo sai na frente com 32.13% em cenário de disputa com Ricardo Coutinho

Gráfico Pesquisa BG/CONSULT

Em mais um cenário de estimativas realizado pelo instituto Consult, contratado pelo Blog do BG, em João Pessoa mostra favoritismo do governador João Azevêdo (PSB) em sua reeleição em 2022.

Em um possível segundo turno entre o atual governador e Ricardo Coutinho (PSB), os pessoenses elegeria João com 32.13%, contra 16.50% de Ricardo que ficaria em segundo lugar.

A pesquisa registrou ainda que 40.63% não votaria em nenhum dos dois e 10.75% não tem uma opinião formada sobre essa disputa.

O levantamento foi realizado entre os dias 17 e 19 de junho. Os resultados da pesquisa têm margem de erro máximo de 3,4% e confiabilidade de 95%.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

URGENTE: PGR pede abertura de inquérito para investigar Bolsonaro por prevaricação no caso Covaxin

Bolsonaro — Foto: Adriano Machado/Reuters

A Procuradoria-Geral da República pediu nesta sexta-feira (2) a abertura de um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar o presidente Jair Bolsonaro por prevaricação no caso da compra da vacina Covaxin.

De acordo com o deputado Luis Miranda (DEM-DF), ele e o irmão, o servidor Luis Ricardo Miranda, avisaram Bolsonaro em uma reunião no dia 20 de março sobre suspeitas de irregularidades na compra do imunizante. O inquérito buscará esclarecer se Bolsonaro prevaricou diante da denúncia, ou seja, não tomou as medidas cabíveis.

Diante das denúncia dos irmãos Miranda, o governo afirmou que Bolsonaro avisou o então ministro Eduardo Pazuello sobre as suspeitas no dia 22 de março. Só que Pazuello foi exonerado no dia seguinte, 23 de março. E o contrato com a Covaxin só foi suspenso nesta semana, mais de 3 meses depois da denúncia.

No pedido, o vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, afirma que é preciso esclarecer as circunstâncias do eventual aviso que teria sido dado ao presidente para ver se de fato estaria configurado o crime de prevaricação

Outra questão levantada é sobre se há indícios de que o delito teria sido cometido para satisfazer interesse próprio.

Blog do BG com G1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraíba

PESQUISA BG/CONSULT ESTIMULADA GOVERNO – João Azevêdo sai na frente com 32.88% em cenário de disputa com Pedro Cunha Lima

Gráfico Pesquisa BG/CONSULT

Em mais um cenário de estimativas realizado pelo instituto Consult, contratado pelo Blog do BG, em João Pessoa mostra favoritismo do governador João Azevêdo (PSB) em sua reeleição em 2022.

Em um possível segundo turno entre o atual governador e o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB), os pessoenses elegeria João com 32,88%, contra 13,88% de Pedro Cunha Lima que ficaria em segundo lugar.

A pesquisa registrou ainda que 41,25% não votaria em nenhum dos dois e 12% não tem uma opinião formada sobre essa disputa.

O levantamento foi realizado entre os dias 17 e 19 de junho. Os resultados da pesquisa têm margem de erro máximo de 3,4% e confiabilidade de 95%.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraíba

PESQUISA BG/CONSULT ESTIMULADA GOVERNO 2 º TURNO – João Azevêdo venceria Daniela Ribeiro com 34,13%

Gráfico Pesquisa BG/CONSULT

A pesquisa Consult, contratada pelo Blog do BG, em João Pessoa também fez a simulação de cenários em um provável segundo turno para a disputa do governo do Estado. Se as eleições fossem hoje e João Azevêdo (PSB) estivesse no páreo com Daniela Ribeiro (PP), o atual governado seria reeleito na preferência da população pessoense com 34,13%.

Daniela perderia o pleito com percentual de 12,25%. Ainda de acordo com o levantamento, 41,38% dos pessoenses disseram não votar em nenhum dos dois possíveis candidatos e, 12,25% não souberam dizer.

O levantamento foi realizado entre os dias 17 e 19 de junho. Os resultados da pesquisa têm margem de erro máximo de 3,4% e confiabilidade de 95%.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraíba

PESQUISA BG/CONSULT ESTIMULADA GOVERNO 2 º TURNO – João Azevêdo venceria Romero Rodrigues com 34,25%

Gráfico Pesquisa BG/CONSULT

A pesquisa Consult, contratada pelo Blog do BG, em João Pessoa também fez a simulação de cenários em um provável segundo turno para a disputa do governo do Estado. Se as eleições fossem hoje e João Azevêdo (PSB) estivesse no páreo com Romero Rodrigues (PSD), o atual governado seria reeleito na preferência da população pessoense com 34,25%.

Romero perderia o pleito com percentual de 15,13%. Ainda de acordo com o levantamento, 38,63% dos pessoenses disseram não votar em nenhum dos dois possíveis candidatos e, 12% não souberam dizer.

O levantamento foi realizado entre os dias 17 e 19 de junho. Os resultados da pesquisa têm margem de erro máximo de 3,4% e confiabilidade de 95%.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraíba

PESQUISA BG/CONSULT ESTIMULADA GOVERNO – João Azevêdo vence com 29,5% em possível disputa com Ricardo e Romero

Gráfico Pesquisa BG/CONSULT

A pesquisa Consult, contratada pelo Blog do BG, em João Pessoa também fez a simulação de cenários. Em uma possível disputa entre o governador João Azevêdo (PSB), o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD) concorrendo ao governo do estado, João Azevêdo se reelegeria com 29,5% da preferência da população pessoense.

Ricardo Coutinho (PSB) apareceria logo em seguida com 14,63% e por fim Romero Rodrigues (PSD), com 12%. Outras 29,88% das pessoas afirmaram que não votariam em nenhum dos três nomes e 14% ainda não sabe dizer.

O levantamento foi realizado entre os dias 17 e 19 de junho. Os resultados da pesquisa têm margem de erro máximo de 3,4% e confiabilidade de 95%.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraíba

PESQUISA BG/CONSULT ESTIMULADA GOVERNO – Em disputa com Daniela e Romero, João Azevêdo sai na frente com 32% de preferência

Gráfico Pesquisa BG/CONSULT

A pesquisa Consult, contratada pelo Blog do BG, em João Pessoa também fez a simulação de cenários. Em uma possível disputa entre o governador João Azevêdo (PSB), ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD) e a senadora Daniela Ribeiro concorrendo ao governo do estado, João Azevêdo se reelegeria com 32% da preferência da população pessoense.

Romero Rodrigues apareceria logo em seguida com 12% e por fim a senadora Daniela Ribeiro (PP), com 6,38%. Outras 35,75% das pessoas afirmaram que não votariam em nenhum dos três nomes e 13,88% ainda não sabe dizer.

O levantamento foi realizado entre os dias 17 e 19 de junho. Os resultados da pesquisa têm margem de erro máximo de 3,4% e confiabilidade de 95%.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraíba

PESQUISA BG/CONSULT ESTIMULADA GOVERNO – João Azevêdo sai na frente com 28,13% em cenário de disputa com Cartaxo e Romero

Gráfico Pesquisa BG/CONSULT

A pesquisa Consult, contratada pelo Blog do BG, em João Pessoa também fez a simulação de cenários. Em uma possível disputa entre o governador João Azevêdo (PSB), o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), e o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD) concorrendo ao governo do estado, João Azevêdo se reelegeria com 28,13% da preferência da população pessoense.

Luciano Cartaxo (PV) apareceria logo em seguida com 18,88% e por fim o representante da Rainha da borborema, Romero Rodrigues (PSD), com 10,5%. Outras 30,38% das pessoas afirmaram que não votariam em nenhum dos três nomes e 12,13% ainda não sabe dizer.

O levantamento foi realizado entre os dias 17 e 19 de junho. Os resultados da pesquisa têm margem de erro máximo de 3,4% e confiabilidade de 95%.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Durante live, Bolsonaro afirma que não entregará faixa de presidente se perder eleição “na fraude”

Foto: Agência Brasil

Em sua live desta quinta-feira (1º), Jair Bolsonaro voltou a defender a adoção do voto impresso e disse que só transmitirá a faixa presidencial caso perca a eleição de 2022 “de forma limpa”.

“Eu tô avisando com antecedência aos senhores (…) ministros do Supremo Tribunal Federal”, declarou o presidente. “Vamos supor que o Congresso não aprove [a PEC do voto impresso]. Vocês descubram a maneira de nós fazermos a contagem aberta dos votos e apresentar na prática para o povo brasileiro que não vai ter a fraude.”

“Caso contrário, teremos problemas nas eleições do ano que vem”, ameaçou Bolsonaro. “Eu entrego a faixa presidencial para qualquer um que ganhar de mim na urna de forma limpa. Na fraude, não.”

Não custa lembrar que o presidente há tempos fala em “fraude” na eleição de 2018 —que ele venceu— sem ter, até agora, apresentado nenhuma prova do que disse.

Bolsonaro, grande democrata, avisa com antecedência a sua intenção de golpe.

O Antagonista

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *