Economia

Americanas avalia fechar 80 unidades e realizar novas demissões

Lojas Americanas da Rio Branco amanhece com portas fechadasFoto: Reprodução

A Americanas planeja encerrar a atividade em 80 unidades espalhadas pelo país e avalia a melhor estratégia para fazer um novo corte de funcionários nas lojas físicas. Em entrevista ao Estadão/Broadcast publicada, o presidente da empresa de varejo, Leonardo Coelho, diz que sonda duas estratégias possíveis para alcançar a meta de rentabilidade da organização.

A primeira hipótese mira no aumento do número de subordinados por gerentes na empresa. Com isso, cada gerente passaria a ter de 5 a 7 supervisores sob sua responsabilidade – atualmente, cada chefia conta com 2 supervisores. No segunfo cenário, a marca avalia os efeitos de disponibilizar apenas 60% do orçamento do último ano para os setores que compõem a organização, em uma lógica de “orçamento base zero”.

“Com base na comparação dos 2 exercícios, vamos escolher. Em algumas áreas, pode ser que a gente vá para o base zero e aceite entregas diferentes das que existem hoje, e em outras, pode ser que a gente vá para o desenho do orçado, mantendo a otimização das estruturas existentes”, declarou Coelho.

Quanto ao plano de fechar novas lojas físicas, o presidente da rede de varejo diz que 80 unidades que contam com números negativos estão em uma lista de observação. Elas serão monitoradas durante os próximos 3 meses.

“Nessas 80 lojas, já buscamos o 1º e o 2º níveis de performance, e não foram suficientes para reverter a contribuição negativa que têm para o negócio como um todo”, disse Coelho.

A decisão pelo encerramento das atividades, no entanto, será a última a ser tomada. Até lá, o empresário planeja testar outras possibilidades: negociar com os donos dos imóveis e mudar a variedade de produtos ofertados. A estratégia dependerá da realidade de cada unidade.

“Todos os testes estão sendo feitos em tempo real, e as decisões, tomadas com celeridade”, afirmou Coelho.

Balanço 2023

Segundo divulgado na 2ª feira (26.fev), a Americanas teve um prejuízo de R$ 4,61 bilhões de janeiro a setembro de 2023. O montante representa melhora com relação aos R$ 6,02 bilhões de prejuízo registrados nos 9 primeiros meses de 2022.

A empresa está em recuperação judicial depois de anunciar inconsistências contábeis de R$ 25,2 bilhões no início de 2023. Os resultados dos 3 primeiros trimestres do ano passado estavam previstos para 31 de janeiro, mas foram adiados pela varejista sucessivamente. O último balanço havia sido divulgado em novembro de 2023, quando a Americanas reportou prejuízo de R$ 12,9 bilhões em 2022.

Poder360

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Judiciário

Por unanimidade, STJ nega habeas corpus e mantém Padre Egídio preso

Padre Egídio
(Foto: Reprodução)

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu manter a prisão do Padre Egídio de Carvalho. Com isso, a decisão unânime da Sexta Turma impede que o religioso deixe a Penitenciária Especial do Valentina, na capital paraibana.

Na primeira decisão do STJ, em 28 de novembro, o ministro Teodoro Silva Santos já havia negado o habeas corpus ao ex-diretor do Hospital Padre Zé.

Já em âmbito estadual, no mês passado o Tribunal de Justiça da Paraíba manteve a prisão do religioso, que é suspeito de desviar mais de R$ 140 milhões recursos públicos da instituição filantrópica.

Alvo de operação da Polícia Federal no dia 5 de outubro, padre Egídio é suspeito de desviar recursos do Hospital Padre Zé, em João Pessoa.

A investigação cumpriu 11 mandados de busca, além de apontar que existem dois empréstimos de cerca de R$ 13 milhões. O ponto inicial da apuração da polícia começou pela suspeita de mais de 100 aparelhos celulares furtados.

No dia 6 de outubro, o padre se apresentou espontaneamente no Gaeco para prestar depoimento e entregou o próprio celular para a investigação.

O Gaeco, então, pediu a prisão de Padre Egídio, que foi negado na última terça-feira (31 de outubro).

Blog do BG PB

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Brasil

Conta de luz pode subir 1,4% com discussão sobre tarifa de Itaipu

ItaipuFoto: Sérgio Lima/Poder360

A disputa entre Brasil e Paraguai para definir a tarifa cobrada pela energia produzida pela usina de Itaipu, administrada pela estatal Itaipu Binacional, pode provocar um aumento na conta de luz. Caso a proposta paraguaia prevaleça, o preço da energia dos brasileiros subiria 1,4%.

O cálculo foi feito a pedido do Poder360 pelo sócio-fundador do Cbie (Centro Brasileiro de Infraestrutura) Advisory, Bruno Pascon. Considera o peso de 3,5% de Itaipu na conta de luz do Brasil. A usina representa 9,8% de toda a energia elétrica produzida no país.

O Paraguai propôs aumentar a tarifa dos atuais US$ 16,71 por kW/mês para US$ 20,75, ou seja, um reajuste de 24%. A taxa, chamada de Cuse (Custo Unitário dos Serviços de Eletricidade), é definida todos os anos, em acordo entre os países. É cobrada em dólar, num cálculo que considera, dentre outros pontos, as despesas operacionais da usina.

O presidente do Paraguai, Santiago Peña, veio a Brasília em 15 de janeiro para uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), cuja pauta foi a negociação da tarifa da usina de Itaipu. Na ocasião, Lula reconheceu haver divergências entre os 2 países sobre o tema.

O lado brasileiro se nega a dar qualquer aumento. O governo federal fez uma contraproposta, mas para reduzir a tarifa paga pela energia da hidrelétrica em 11,6%, indo para US$ 14,77. Segundo os cálculos do Cbie, a proposta, se aprovada, reduziria a conta de luz em 0,7%.

alt

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Educação

Ranking internacional aponta UFPB como a terceira melhor universidade do Nordeste

ufpb A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) é considerada a terceira melhor universidade do Nordeste. É o que aponta a 20ª edição do Webometrics Ranking of the World Universities. Em relação ao último levantamento divulgado em 2022, a UFPB avançou uma posição entre as melhores universidades nordestinas, pulando da quarta para a terceira posição. Houve avanços também no ranking global, com um salto de 43 posições, passando da 975ª para a 932ª colocação, dentre as mais de 32.000 instituições de ensino superior avaliadas. Com relação as universidades latinoamericanas, a UFPB ocupa a 32ª posição, e no recorte do ranking que considera apenas instituições de ensino superior nacionais, figura na 18ª colocação. A metodologia do ranking considera três métricas: visibilidade, em que é avaliado o impacto do material relacionado à instituição na internet, com base em conteúdos produzidos por fontes externas com links que marcam o portal da instituição; transparência, que considera o número de citações dos autores mais relevantes da Universidade em questão; e excelência, que se refere ao número de pesquisas entre as 10% mais citadas em cada uma das 27 disciplinas da base de dados Scimago. Ainda de acordo com o ranking, a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) está em primeiro lugar, e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em segundo. Blog do BG PB

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Celebridades

Faustão é internado no Hospital Albert Einstein, seis meses após transplante

Foto: Renato Pizzutto/Band

O apresentador Fausto Silva, o Faustão, 73, foi internado neste final de semana no Albert Einstein, em São Paulo. Ele voltou ao hospital na capital paulista onde se submeteu, no último dia 27 de agosto, a um transplante de coração.

Desta vez, segundo o F5 apurou, o diagnóstico é de problemas nos rins. Um novo transplante, agora neste órgão, não está descartado. Procurado, o Hospital Albert Einstein não se pronunciou. A assessoria de Fausto diz que está “apurando o ocorrido”.

Antes do transplante de coração, em 2023, o apresentador passou três semanas internado, à espera de um doador compatível. Esta não é a primeira vez que Faustão tem de retornar ao Einstein. Dez dias depois de receber alta, no dia 10 de setembro, ele foi novamente internado por causa de complicações pós-operatórias.

F5 – Folha de S. Paulo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política

TSE começa hoje a debater novas resoluções para as eleições de 2024

Urna eletrônica: especialistas garantem nível de confiabilidade no processo  eleitoral brasileiro | ABRADEP - Academia Brasileira de Direito Eleitoral e  PolíticoFoto: Divulgação/TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa a julgar nesta terça-feira (27) as propostas de regras que serão aplicadas nas eleições municipais de 2024.

São 12 sugestões de resolução que trazem regulamentação para temas como propaganda eleitoral, preparação para a votação, uso de recursos do fundo eleitoral, prestação de contas dos candidatos e fiscalização destes recursos.

Uma das questões que deve ser enfrentada pela Corte Eleitoral é o tratamento a ser dado ao uso de inteligência artificial na campanha eleitoral.

Além disso, outras regras que foram aplicadas na eleição passada — como a proibição do transporte de armas e munições nas 24 horas anteriores e posteriores à votação — também deverão constar do pacote.

A relatora dos processos é a ministra Cármen Lúcia, que presidirá o TSE nas eleições deste ano. Se não concluírem a votação na terça, os ministros retomam o tema na sessão da quinta-feira (29).

O g1 reuniu os temas de destaque que estão em discussão pelos ministros:

  1. Inteligência artificial
  2. Consultas populares
  3. Transporte de eleitores
  4. Celulares na cabine
  5. Transporte de armas
  6. Armas no local de votação
  7. Reunião com presidentes dos TREs

g1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Brasil

Proposta que prevê isenção do IPVA para veículos com mais de 20 anos é debatida no Senado

IPVA
Proprietários de veículos pagam IPVA anualmente (Foto: Cristino Martins/Arquivo Agência Pará)

Os senadores debatem, nesta terça-feira (27),uma proposta que isenta o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) a veículos com mais de 20 anos de fabricação. A iniciativa já recebeu voto favorável do senador Marcos Rogério (PL-RO) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

A proposta inclui esse tipo de veículo na lista de imunidades de IPVA previstas na Constituição, que já prevê o benefício para tratores, máquinas e aeronaves agrícolas, por exemplo.

Segundo pesquisa realizada pelo Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças), a frota de veículos em circulação no Brasil é a mais velha desde 1995. De 2020 a 2021, veículos com mais de 20 anos passaram de 2,5 milhões para 3,6 milhões.

De acordo com o autor do texto, o senador Cleitinho (Republicanos-MG), a pandemia da covid-19, causou um aumento considerável no preço dos veículos, inclusive em relação aos usados, além da queda do poder aquisitivo da população

Na Paraíba, os veículos com mais de 15 anos de uso são isentos de pagar o IPVA no Estado da Paraíba. A isenção é de forma automática.

Antes de ser votada em primeiro turno, a PEC deve passar por cinco discussões. Três delas já estão marcadas — na terça (27), na quarta (28) e na quinta (29). Para ser aprovada, a proposta precisa ser acatada por no mínimo dois terços da Casa legislativa, 54 senadores, em dois turnos de votação.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Brasil

Ministro de Israel posta foto de ato de Bolsonaro e provoca Lula

O ministro das Relações Exteriores israelense, Israel Katz, agradeceu nesta 2ª feira (26.fev.2024) pelo apoio de brasileiros a Israel durante o ato do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) no domingo (25.fev) na av. Paulista, em São Paulo. Diversos apoiadores do ex-chefe do Executivo levaram bandeiras de Israel para a manifestação. Bolsonaro também iniciou sua participação no evento exibindo um exemplar.

“Muito obrigado ao povo brasileiro por apoiar Israel. Nem Lula conseguirá nos separar”, disse em seu perfil no X (antigo Twitter). A mensagem é acompanhada de uma foto da manifestação que mostra as bandeiras dos 2 países hasteadas em meio a multidão.

A declaração do chanceler é mais uma da sua série de críticas ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) desde que o petista comparou a ação do Exército de Israel no conflito com o Hamas na Faixa de Gaza com o extermínio de judeus durante a 2ª Guerra Mundial (1939-1945).

Depois disso, Katz passou a exigir um pedido formal de desculpas do brasileiro, que se tornou “persona non grata” (ou seja, que não é bem-vinda) em Israel. Em evento da Petrobras na 6ª feira (23.fev), Lula voltou a afirmar que o governo israelense está cometendo um “genocídio” em Gaza. “Se isso não é genocídio, eu não sei o que é”, declarou.

Poder 360

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Futebol

VÍDEO: Paraibano Hulk se emociona ao entrar em campo carregando criança com doença rara

Foto: Pedro Souza / Atlético-MG

A emoção que o futebol pode proporcionar, para além de a bola rolando, bateu forte no coração do atacante paraibano Hulk, na tarde do último sábado (24). É que o jogador entrou em campo acompanhado de Mariazinha, uma criança que é portadora da Síndrome de Cornélia de Lange, que amoleceu o coração do camisa 7 e o levou às lágrimas, antes mesmo de a bola rolar para o clássico contra o América-MG.

A escolhida para Hulk levar aos braços e entrar em campo foi Mariazinha, que, inclusive, é filha do Secretário-Chefe da Casa Civil de Minas Gerais, Marcelo Aro. Nas redes sociais, ele elogiou o capitão do Galo.

“Nem todo herói usa capa. Só Deus sabe quantos doentes raros se sentiram acolhidos nesse abraço! Obrigado, @hulkparaiba!”, elogiou Aro.

Confira o vídeo:

O momento aconteceu na entrada dos dois times em campo. Isso porque a Federação Mineira de Futebol (FMF) abraçou a campanha “Raros em Campo” e levou pessoas com doenças raras ao gramado do Independência, como forma de promover inclusão e visibilidade. Todas elas entraram em campo com os atletas que iniciaram o jogo.

Com a bola rolando, Hulk não balançou a rede, mas deu a assistência para o gol de Rubens, que empatou o confronto contra o Coelho nos acréscimos e fechou o placar em 1 a 1. Com 99 gols marcados com a camisa alvinegra do Atlético-MG, o paraibano vive a iminência de marcar o centésimo gol pelo Galo.

Arena Correio

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Brasil

Senado discute obrigatoriedade da vacinação contra Covid-19 em crianças

Foto: Tomaz Silva

A inclusão no Programa Nacional de Imunizações (PNI) da vacina contra Covid-19 para crianças de 6 meses a 5 anos motiva a discussão de senadores. O plenário do Senado recebe nesta segunda-feira (26) uma sessão temática para debater a obrigatoriedade da imunização no público infantil. A partir do debate, os parlamentares devem juntar elementos para a elaboração e discussão de propostas sobre o assunto. O governo federal sustenta que a atualização vacinal “foi tomada com base em evidências científicas mundiais e dados epidemiológicos de casos e óbitos pela doença no país”.

A inclusão no Programa Nacional de Imunizações (PNI) da vacina contra Covid-19 para crianças de 6 meses a 5 anos motiva a discussão de senadores. O plenário do Senado recebe nesta segunda-feira (26) uma sessão temática para debater a obrigatoriedade da imunização no público infantil. A partir do debate, os parlamentares devem juntar elementos para a elaboração e discussão de propostas sobre o assunto. O governo federal sustenta que a atualização vacinal “foi tomada com base em evidências científicas mundiais e dados epidemiológicos de casos e óbitos pela doença no país”.

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.