Paraíba

João Pessoa flexibiliza horário de bares e libera eventos em novo decreto

Foto: pixabay / reprodução

A Prefeitura de João Pessoa publicou, na noite desta sexta-feira (2), no Semanário Municipal, o decreto nº 9.754/2021 com um conjunto de medidas de enfrentamento e prevenção à pandemia da Covid-19. Com o avanço da vacinação e a diminuição das taxas de ocupação hospitalares, a Prefeitura optou pela flexibilização de segmentos como bares e restaurantes, que agora poderão funcionar até às 23h e com 50% de capacidade, além dos eventos religiosos que também poderão ser realizados com metade de sua capacidade. Outra novidade é a liberação da realização de eventos com 30% de ocupação. O novo decreto começa a valer a partir deste sábado (3) e vai até o dia 16 de julho.

Alimentos e bebidas – Os bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência e estabelecimentos similares poderão funcionar com atendimento nas suas dependências das 6h às 23h, com ocupação de 50% da capacidade, com quantidade máxima de oito pessoas por mesa, mantendo-se entre as mesas distanciamento de, no mínimo, 1,5m. É obrigatória a colocação de álcool em gel em cada uma das mesas, devendo esses estabelecimentos, sempre que possível, prestigiar as áreas livres e abertas. Fica vedada, antes e depois do horário estabelecido, a comercialização de qualquer produto para consumo no próprio estabelecimento, cujo funcionamento poderá ocorrer apenas através de delivery ou para retirada pelos próprios clientes (takeaway).

Eventos – Fica autorizada a realização de eventos sociais ou corporativos, de forma presencial, tais como congressos, seminários, encontros científicos, casamentos ou assemelhados, além do funcionamento de circos, cinemas e teatros, com o limite de 30% da capacidade, com distanciamento mínimo de 1,5m entre as pessoas, bem como uso obrigatório de máscaras, disponibilização de álcool 70% e aferição da temperatura corporal na entrada, além de outros protocolos emanados da Gerência de Vigilância Sanitária.

Missas e cultos – Durante a vigência do decreto, as missas, cultos e quaisquer cerimônias religiosas presenciais podem ser realizadas com 50% da capacidade do espaço.

Comércio e serviços – Os estabelecimentos do setor de serviços e o comércio poderão funcionar até 10 horas contínuas por dia, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do setor.

Os shoppings centers e centros comerciais poderão funcionar das 10h às 22h, com exceção dos estabelecimentos situados no Centro da cidade, que poderão funcionar das 9h às 21h. Os bares, restaurantes e similares que funcionem no interior de shoppings centers e centros comerciais somente poderão funcionar com atendimento nas suas dependências até às 21h, com ocupação de 50% da capacidade do local.

Praia – Durante o período de vigência do novo decreto, fica proibida a aglomeração de pessoas nas praças, parques, praias e nas calçadas situadas na orla da Capital. Nestes locais, fica permitida a prática de atividades físicas individuais e em duplas, desde que não envolvam contato físico direto entre os atletas e, também, a utilização, durante os dias de semana, de barracas, cadeiras, mesas, guarda-sóis e serviços de praia, desde que observado o distanciamento mínimo de dois metros e o limite de quatro pessoas por mesas, guarda-sóis ou barracas.

Fica proibida durante a semana, entre às 17h e 5h, e durante todo o dia nos finais de semana, a permanência de pessoas no espaço público denominado “Largo de Tambaú”.

Feiras – Segundo o decreto, as feiras livres somente poderão funcionar das 5h às 16h, devendo ser observadas as boas práticas de operação padronizadas pela Legislação Municipal e ainda um maior distanciamento entre as bancas e ampliação dos corredores de circulação de pessoas.

Construção civil – A construção civil somente poderá funcionar das 6h30 até 16h30, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do setor.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Covid-19

João Pessoa aplica primeira dose em grávidas neste sábado

Foto: Secom-JP

A campanha de imunização contra a Covid-19 da Prefeitura de João Pessoa se concentra, neste sábado (3), na vacinação das grávidas e puérperas (de parto recente) sem comorbidades e a continuidade da segunda dose dos imunizantes Astrazeneca (Fiocruz) e Coronavac (Butantan).

As grávidas e mamães recentes serão imunizadas nas cinco policlínicas municipais – Cristo, Mandacaru, Mangabeira, Jaguaribe e Praias, das 8h às 12h.

A aplicação para os que serão imunizados com a Astrazeneca acontecerá nos ginásios das Escolas Seráfico da Nóbrega (Tambaú) e Leonel Brizola (Tambauzinho), das 8h às 12h, além dos drives-thru montados no Mangabeira Shopping (também pedestres) e Unipê, também das 8h às 12h. Já os que vão receber a dose de reforço da Coronavac (Butantan) serão atendidos no Lyceu Paraibano, no mesmo horário dos demais postos.

Agendamento – A SMS alerta que as pessoas deverão realizar o agendamento prévio, através do aplicativo Vacina João Pessoa ou do site vacina.joaopessoa.pb.gov.br. Com isso, o cidadão assegura ser vacinado no local indicado, com agilidade e todos os cuidados sanitários necessários.

Quem tiver algum problema para realizar o cadastro ou agendar o atendimento pode procurar um posto de vacinação para ter a orientação necessária para garantir sua dose.

Documentação exigida – As grávidas e puérperas precisam da cópia de laudo ou declaração médica que comprove a sua condição e a prescrição do médico de que pode tomar a vacina. O cidadão que for tomar a segunda dose precisa levar apenas o cartão de vacinação e documento com foto.

Transporte gratuito – As pessoas que necessitarem de deslocamento de um bairro a outro para tomar a vacina podem utilizar os serviços gratuitos dos aplicativos 99 e Uber, em parceria com a Prefeitura de João Pessoa e Governo do Estado, respectivamente.

Para garantir o acesso ao serviço da 99, o cidadão que usar a plataforma deverá acessar o aplicativo, na categoria 99 Pop, e inserir o código promocional ‘Promocodes’, destinado exclusivamente ao transporte até os pontos de vacinação em João Pessoa. O código que deverá ser inserido no aplicativo Uber é o VACINAPB e cada usuário só pode inseri-lo uma vez, garantindo a gratuidade para as duas viagens que devem chegar até R$ 25, cada.

Solidariedade – Os postos de vacinação também estão abertos para receber as doações de alimentos não perecíveis. Após a arrecadação, eles serão distribuídos com instituições de caridade e famílias necessitadas, atingidas pelos efeitos dessa pandemia. A arrecadação e a distribuição integram uma iniciativa conjunta da Prefeitura de João Pessoa e do Governo do Estado.

Confira os postos de 2ª dose da vacinação neste sábado (3):

GRÁVIDAS E PUÉRPERAS – 1ª dose (das 8h às 12h)

– Policlínica de Mandacaru
– Policlínica do Cristo
– Policlínica de Jaguaribe
– Policlínica de Mangabeira
– Policlínica das Praias

Segunda dose Astrazeneca (8h às 12h)
– Escola Municipal Seráfico da Nóbrega (Tambaú)
– Escola Municipal Leonel Brizola (Tambauzinho)

Drive-thru (8h às 12h)
– Mangabeira Shopping (também pedestre)
– Unipê (Água Fria)

Segunda dose Butantan (8h às 12h)
– Lyceu Paraibano (Centro)

 

Secom JP

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Paraíba

Bolsa Família tem novo ponto de atendimento em João Pessoa

Imagem: Reprodução Internet

De acordo com o Secretário de Diretos Humanos e Cidadania de João Pessoa, João Corujinha, está liberado o posto de atendimento do Bolsa Família localizado na Praça Rio Branco, Centro da capital. O funcionamento é das 8h às 17h. A mudança de local do posto que atendia em Mangabeira, na Zona Sul, foi anunciada recentemente.

“Este local foi escolhido no Centro da cidade para dar uma melhor condição de acesso às pessoas e famílias com vulnerabilidade social. As pessoas que precisam desse atendimento devem vir ao novo prédio. Antes, funcionava em Mangabeira e havia a dificuldade de acesso”, disse o secretário.

Ainda segundo ele, há um agendamento prévio que deve ser realizado pelos solicitantes dos serviços. “Nosso cadastro consta com mais de 100 mil pessoas. Destas, 57 mil recebem os recursos”, finalizou.

O agendamento pode ser realizado através dos telefones (83) 98772-5104, (83) 98713-0983 e (83) 3214-3600. Para informações e consultas, o número disponível é (83) 3214-1874.

Confira o endereço: Prédio da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania (SEDHUC), na Rua Braz Florentino, 138, junto à Praça Barão Rio Branco, no Centro de João Pessoa.

 

Blog do BG com Portal T5

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Paraíba

Placas de 1 a 7: Sefaz-PB prorroga prazo de entrega de documentação de isentos de IPVA até 31 de agosto

 

Imagem: Reprodução Internet

A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB) prorrogou o prazo de envio de documentação, que comprova a concessão de isenção do IPVA do exercício 2021, aos proprietários de veículos de placas com finais de 1 a 7 até o dia 31 de agosto.

Os contribuintes com essa numeração de veículos ganharam um prazo excepcional por terem encontrado dificuldades de envio durante esse período da pandemia. Contudo, para usufruir do novo prazo, é necessário que a solicitação de isenção do IPVA tenha sido protocolizada até o dia 31 de dezembro de 2020. O novo prazo está publicado em portaria no Diário Oficial Eletrônico (DOE-Sefaz-PB) e já está em vigor.

Como enviar a documentação de isentos – Para os contribuintes paraibanos que ainda não enviaram a documentação que comprova a isenção do IPVA, basta anexar os documentos solicitados, em formato de PDF, e enviar para o e-mail: gerencia.itcd.ipva@sefaz.pb.gov.br . Os documentos que precisam ser enviados em formato PDF são: documento do veículo; carteira de habilitação; comprovante de residência; e laudo médico ou a autorização de compra do ICMS.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Paraíba

NOVO DECRETO: Bares podem funcionar até 23h; Cinemas e eventos liberados

Foto: Secom/PB

Neste sábado o Diário Oficial traz as novas regras de flexibilização de combate à covid-19 através de decreto do Governo do Estado. As novas diretrizes vão permitir que bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniência poderão funcionar com atendimento nas suas dependências das 6h às 23h com ocupação de 50% da capacidade do local. As academias também poderão funcionar com 50% de sua capacidade.
As missas, cultos e quaisquer cerimônias religiosas presenciais poderão ocorrer com ocupação de 50% da capacidade do local durante o período de vigência do decreto, ficando asseguradas as atividades de preparação, gravação e transmissão, além das ações de assistência social e espiritual. As academias também poderão funcionar com 50% da sua capacidade.

Estão liberados para funcionamento, seguindo os protocolos sanitários, os salões de beleza, escolinhas de esporte, creches, hotéis, pousadas, construção civil, indústria e call centers. Os shoppings centers e centros comerciais poderão funcionar das 10h até 22h, limitando a capacidade de atendimento nas praças de alimentação a 50%. Os estabelecimentos do setor de serviços e o comércio poderão funcionar até dez horas contínuas por dia, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e as atividades da construção civil poderão ocorrer das 6h30 às 16h30.

CINEMAS: Também está permitido o funcionamento de cinemas, teatros e circos, com 30% da capacidade e a realização de eventos sociais e corporativos, observando todos os protocolos elaborados pela Secretaria Estadual de Saúde e pelas Secretarias Municipais de Saúde.

TRABALHO PRESENCIAL: Além disso, os servidores estaduais poderão retornar às atividades presenciais a partir do vigésimo nono dia após a segunda dose da vacina.

AULAS: As escolas e instituições privadas dos ensinos infantil e fundamental poderão funcionar através do sistema híbrido. Já as aulas para os alunos dos ensinos médio e superior das instituições privadas, assim como para os estudantes das redes públicas estadual e municipais se mantêm em modelo remoto, com previsão para o modelo híbrido a partir de setembro.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Brasil

Homem morre após passar a noite com 10 mulheres em motel

Imagem: Reprodução Brasil Urgente

Um homem foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (2) em um motel de São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo. As informações são do Brasil Urgente.

O homem entrou no estabelecimento na noite da quinta-feira (1) acompanhado de 10 mulheres, dormindo no local. O grupo foi dividido em dois quartos – seis mulheres em um, quatro em outro.

Pela manhã, o homem não despertou. As mulheres também tentaram acordá-lo, sem sucesso.

A principal suspeita é de que o homem – que completava 50 anos e havia ido ao motel para comemorar aniversário – tenha sofrido um mal súbito.

 

Band.uol

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Covid-19

COVID-19: Prefeitura reconhece ter vacinado 72 pessoas com doses vencidas

Foto: Secom-PB/Divulgação

A Prefeitura de Alagoa Grande reconheceu que aplicou doses vencidas do imunizante AstraZeneca na população local, em meio à campanha de vacinação contra a Covid-19. A vacinação aconteceu há aproximadamente dois meses. Segundo a Prefeitura de Alagoa Grande, o erro teria sido informado a secretaria estadual, que, em seguida, solicitou o reforço na vacinação dos 72 afetados.

Um levantamento baseado no cruzamento de dados oficiais do governo federal aponta que ao menos 26 mil pessoas podem ter recebido doses vencidas da vacina AstraZeneca contra a Covid-19.

Prefeituras citadas, incluindo João Pessoa e Campina Grande, negam o problema e atribuem o achado do levantamento a falhas na inclusão de dados no Sistema Único de Saúde (SUS), que recebeu anotações com atraso de até dois meses.

Em nota divulgada na tarde desta sexta-feira (2) a Secretaria de Saúde da Paraíba divulgou esclarecimentos sobre as 253 doses de vacinas contra Covid-19 vencidas, que foram aplicadas na Paraíba, de acordo com dados oficiais do Ministério da Saúde.

A Secretaria de Saúde informou que as orientações técnicas às equipes de vacinação ocorrem frequentemente e que a gestão realizou em tempo hábil toda a logística de distribuição das doses, sendo de competência dos municípios a avaliação dos procedimentos que foram feitos com imunizantes vencidos.

De acordo com o texto da nota que o Blog do BG teve acesso, “Todas as doses são entregues em até 24h após o recebimento aos municípios que são integralmente responsáveis pelo armazenamento, aplicação e informação aos sistemas de notificação do Ministério da Saúde. Os municípios devem avaliar se foi erro de registro ou se não aplicou em tempo oportuno”.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Covid-19

COVID-19: Paraíba registra mais de 1,5 mil novos casos em 24 horas

Imagem: Reprodução Internet

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta sexta (2), 1.536 casos de Covid-19 e mais 26 mortes. Entre os confirmados hoje, 60 (3,9%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.476 (96,1%) são leves. Todos os 223 municípios paraibanos registraram casos da doença e 222 cidades registraram óbitos. Com isso, a Paraíba soma 398.440 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES). O número de mortes confirmadas por Covid-19 subiu para 8.654 no estado desde o início da pandemia.

Dos 26 óbitos, 19 aconteceram nas últimas 24 horas. Os pacientes eram 18 homens e 8 mulheres, com idades entre 33 e 88 anos. A cardiopatia foi a comorbidade mais frequente e 8 não tinham comorbidades.

As mortes aconteceram nos municípios de Campina Grande (4); Casserengue (1); Conceição (1); Desterro (1); Fagundes (1); Itapororoca (1); João Pessoa (4); Mãe d’Água (1); Mamanguape (2); Mari (1); Marizópolis (1); Patos (1); Pombal (1); Princesa Isabel (1); Queimadas (3); Santa Cruz (1) e Umbuzeiro (1).

A ocupação de leitos de UTI em todo o estado é de 50%. Na região metropolitana de João Pessoa, 48% dos leitos de UTI para adultos estão ocupados. Em Campina Grande, o mesmo setor tem taxa de 50%. No Sertão, 68% dos leitos de UTI estão ocupados.

VACINAÇÃO

Foi registrado no sistema de informação SI-PNI a aplicação de 1.816.798 doses. Até o momento, 1.290.186 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 526.612 completaram os esquemas vacinais. Desses, 517.272 tomaram as duas doses e 9340 utilizaram imunizante de dose única. A Paraíba já distribuiu um total de 2.145.485 doses de vacina aos municípios.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Saúde

Estado publica edital do concurso neste sábado para saúde

Foto: Secom PB

Oportunidade à vista para os concurseiros. A Fundação PB Saúde publica, na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (03), o edital para o concurso público, que contará com a contratação imediata de 326 profissionais e mais 4.075 em cadastro de reserva, para áreas administrativas e assistenciais.

O diretor superintendente da Fundação PB Saúde, Daniel Beltrammi, adiantou que as inscrições iniciarão na próxima quarta-feira (07). “Os interessados precisam acessar o site da Vunesp, a partir das 10h da manhã dessa próxima quarta-feira, no endereço: www.vunesp.com.br na aba: concursos. Essa é a fase de formação dos quadros de empregados da Fundação e você pode participar. Inscreva-se”, disse.

O superintendente pontuou ainda que serão 74 categorias, divididas nos níveis de Superior Administrativo, Superior Assistencial, Médicos; Médio Técnico Administrativo, Médio Técnico Assistencial e Nível Básico. “Os profissionais irão atuar nas unidades à medida que a fundação for assumindo a gestão desses serviços, a fim de trabalhar de maneira alinhada às boas práticas de gestão e fortalecer as políticas do SUS no Estado da Paraíba”, expressou.

Fundação PB Saúde – Fundação pública com personalidade jurídica de direito privado e com autonomia administrativa, financeira e patrimonial, que tem como uma das finalidades a gestão e produção de cuidados integrais em saúde, vinculada à Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES-PB).

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Covid-19

ERRO DE DIGITAÇÃO: Saúde da Paraíba diz que municípios receberam vacinas dentro do prazo de validade e podem ter demorado a aplicar doses

Foto: Getty Images via BBC

Em nota divulgada na tarde desta sexta-feira (2) a Secretaria de Saúde da Paraíba divulgou esclarecimentos sobre as 253 doses de vacinas contra Covid-19 vencidas, que foram aplicadas na Paraíba, de acordo com dados oficiais do Ministério da Saúde.

Na nota, a SES informa que as orientações técnicas às equipes de vacinação ocorrem frequentemente e que a gestão realizou em tempo hábil toda a logística de distribuição das doses, sendo de competência dos municípios a avaliação dos procedimentos que foram feitos com imunizantes vencidos.

De acordo com o texto da nota que o Blog do BG teve acesso, “Todas as doses são entregues em até 24h após o recebimento aos municípios que são integralmente responsáveis pelo armazenamento, aplicação e informação aos sistemas de notificação do Ministério da Saúde. Os municípios devem avaliar se foi erro de registro ou se não aplicou em tempo oportuno”.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.