Sem categoria

“A regra do jogo é uma só: respeito à nossa Constituição, e à liberdade de opinião”, diz Bolsonaro em 1º discurso do dia

Na manhã desta terça-feira (7), 199º aniversário de Independência do Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, no primeiro dos três discursos previstos para o dia, que não admitirá que “outras pessoas joguem fora das quatro linhas” da Constituição.

“Vou continuar jogando dentro das quatro linhas, mas, a partir de agora, não admito que outras pessoas, uma ou duas, joguem fora das quatro linhas. A regra do jogo é uma só: respeito à nossa Constituição, e à liberdade de opinião. Sempre tendo a nossa Constituição, que é a vontade popular, acima de todos”, disse o chefe do Executivo brasileiro durante live transmitida em rede social.

O presidente participou, nesta manhã, na companhia de autoridades do governo federal, do hasteamento da Bandeira Nacional, em frente ao Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República. Mais tarde, o mandatário segue para a Esplanada dos Ministérios, para discursar para os apoiadores, que já estão alocados desde o início da segunda-feira (6/9).

“Estarei com o povo. É o dia de vocês, não o dia do presidente, não é o dia de nenhum político ou autoridade. Hoje é o dia do povo brasileiro, que vai nos dar um norte. Vai nos dizer pra onde o Brasil deve ir. Falarei logo mais aqui na Esplanada dos Ministérios, por volta das 10h15. Outro discurso, mais robusto, por volta das 15h30, talvez 16h na Paulista”, salientou Bolsonaro.

Depois de comparecer às cerimônias em Brasília, Bolsonaro seguirá para São Paulo, onde fará, segundo ele, um pronunciamento de maior duração para os simpatizantes na Avenida Paulista.

“Eu apenas hoje quero ser o porta-voz de vocês. E dizer que o que falarmos a partir de agora, [e o que] estou falando, tem nome de vocês, povo brasileiro. Nosso país não pode continuar refém de uma ou duas pessoas. Não interessa onde elas estejam. Essas uma ou duas pessoas ou entram nos eixos ou serão simplesmente ignoradas da vida pública. Este é o meu trabalho”, finalizou Bolsonaro.

Metrópoles

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sem categoria

COVID: Brasil mantém menores médias de casos e mortes do ano; País registrou 692 óbitos e 21 mil novos casos nas últimas 24h

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil neste sábado (4):

– O país registrou 692 óbitos nas últimas 24h, totalizando 583.362 mortes;

– Foram 21.804 novos casos de coronavírus registrados, no total 20.877.864.

O Ministério da Saúde calcula que mais de 19,8 milhões de pessoas já se recuperaram da covid-19.

A média móvel de óbitos nos últimos 7 dias é de 622, e a média móvel de novos casos é de 21.323, ambas representam as menores médias do ano.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sem categoria

ABSURDO: Diferença no preço do quilo da carne chega a R$ 29,00 em João Pessoa

Imagem: Reprodução

Quem vai fazer feira de carne esta semana deve prestar atenção às diferenças nos preços do produto, a exemplo do quilo da picanha nacional, que está oscilando entre R$ 43,99 (Manaíra – Manaíra) e R$ 72,00 (Santiago – Torre), diferença de R$ 29,00 e variação de 65,32%. A pesquisa realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor no dia 23 de agosto traz preço de 51 itens coletados em nove supermercados da Capital.

A maior variação encontrada no levantamento do Procon-JP ficou com o quilo da linguiça toscana Sadia, 113,95%, com preços entre R$ 17,99 (Bemais – Bancários) e R$ 34,49 (Pão de Açúcar – Epitácio Pessoa), diferença de R$ 20,50. A pesquisa traz preços de produtos como carne vermelha, frango, bacon e linguiça.

Mais diferenças – Outras grandes diferenças foram encontradas no quilo da fraldinha, R$ 27,00, com os preços oscilando entre R$ 36,99 (Bemais – Bancários) e R$ 63,99 (Extra – Epitácio Pessoa), variação de 73,99%; no quilo do bacon Perdigão, R$ 24,99, com preços entre R$ 30,00 (Extra – Epitácio Pessoa) e R$ 54,99 (Manaíra – Manaíra), variação de 83,30%; e no quilo da charque dianteira, R$ 24,91, com preços entre R$ 44,99 (Santiago – Torre) e R$ 69,90 (Extra – Epitácio Pessoa), variação de 55,37%.

Os supermercados – A pesquisa do Procon-JP levantou preços nos seguintes supermercados: Santiago e Latorre (Torre); Carrefour e DoDia (Aeroclube); Extra e Pão de Açúcar (Epitácio Pessoa); Manaíra (Manaíra); Bemais (Bancários); e Menor Preço (Bairro dos Estados).

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sem categoria

Comércio de Campina Grande será aberto mesmo com feriado dia 25; Repartições públicas municipais irão fechar

Foto: Codecom/CG

O próximo dia 25 de agosto (quarta-feira) será feriado municipal em Campina Grande. É que a prefeitura transferiu para a data o feriado de São João, dia 24 de junho, dentro das medidas de enfrentamento à pandemia. Mas o comércio da cidade não seguirá o ‘feriado’. Vai abrir as portas normalmente e não pagará extra aos funcionários.

Isso porque um acordo firmado entre o sindicato patronal e o dos comerciários estabeleceu que o pagamento do abono deveria ser feito em 24 de junho – quando não foi feriado em Campina e a cidade abriu as portas normalmente.

Agora não haverá, claro, novo pagamento.

O comunicado foi feito através de uma nota assinada pelo Sindicato do Comércio Varejista e o Sindicato do Comércio Atacadista do município.

Foto: Reprodução

A transferência do feriado de São João, de acordo com a prefeitura, foi feita após ouvir setores do comércio (Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL).

Mas, ao que parece, a decisão não foi tomada em consenso com as entidades que, de fato, firmam acordos coletivos de trabalho.

As repartições públicas municipais irão estar fechadas. Mas o comércio estará funcionando normalmente.

Blog do BG com Blog Jornal da Paraíba

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sem categoria

Barroso avalia ampliar número de urnas auditadas na eleição de 2022

Nelson Jr./SCO/STF

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, admitiu a interlocutores que avalia aumentar o número de auditorias realizadas nas urnas eletrônicas nos dias de eleição no Brasil, em 2022.

De acordo com a coluna do jornalista Lauro Jardim, de O Globo, Barroso ainda não definiu qual será o total de urnas que passarão pela auditoria. Atualmente, cem urnas são sorteadas entre as cerca de 450 mil utilizadas nas eleições.

O movimento do ministro vem na esteira dos ataques feitos por Jair Bolsonaro e seus apoiadores contra o sistema eletrônico de votação e pela defesa do voto impresso.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sem categoria

No litoral Sul: Cidade paraibana é uma das melhores do país para pedestres, diz estudo

Foto: Reprodução/Instagram

Um estudo realizado pelo Prêmio Cidade Caminhável 2021, apontou que a cidade do Conde, no litoral Sul da Paraíba, é uma das melhores do Brasil para pedestres. O prêmio reconheceu as melhores iniciativas públicas para mobilidade à pé nos municípios brasileiros.

Além do Conde, as cidades de Caruaru (PE) e Fortaleza (CE) também foram destaque.Os municípios premiados foram escolhidos entre 28 projetos inscritos de 16 cidades em todas as regiões do país, exceto a região Norte. O anúncio das iniciativas vencedoras aconteceu na última terça-feira (3).

A cidade do Conde, com cerca de 25 mil habitantes, foi a vencedora na categoria de cidades pequenas, com a Reurbanização do Centro.

O município foi o único inscrito na categoria voltada para cidades de até 100 mil habitantes.

Na reurbanização, foram promovidos o redesenho dos espaços públicos com prioridade no acesso a pé e uma nova dinâmica para o uso do para lazer no período noturno.

Portal T5

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sem categoria

Apoio a Bolsonaro entre empresários cai “a olhos vistos”, diz Edmar Bacha

Foto: Agência Senado/Roque de Sá

O apoio da classe empresarial ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) está diminuindo “a olhos vistos”, disse o economista e ex-diretor do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Edmar Bacha.

Em entrevista ao jornal O Globo, publicada neste sábado (7), ele afirma que as ações do presidente já resultam em uma grave ameaça à democracia. Se persistirem, saída será pressionar o Congresso para abrir um processo de impeachment.

Segundo Bacha, o manifesto em favor do atual sistema eleitoral, do qual é signatário, já reúne mais de 17 mil assinaturas. Entre elas estão estão empresários como Luiza Trajano (Magazine Luiza), Guilherme Leal (Natura) e Arminio Fraga (ex-Banco Central).

A adesão da elite econômica ao manifesto é fundamental porque responde às “bravatas” do presidente, disse o atual diretor do Instituto de Estudos de Política Econômica/Casa das Garças.

“Ele chegou a um ponto que realmente virou uma ameaça à democracia brasileira. Está desafiando as instituições democráticas, não somente o Judiciário, mas o sistema eleitoral”, afirmou. Bacha classificou o desafio às instituições democráticas como “inaceitável”.

“Havia a crença de que a Faria Lima [centro financeiro] não iria fazer nada. Enquanto a Bolsa estiver subindo e a economia estiver crescendo, os empresários vão ficar satisfeitos”, pontuou. “Mas nós sabemos distinguir os nossos interesses empresariais do que é fundamental, que é o Brasil, o valor da democracia, o valor supremo. Temos lei, regras, respeito à Humanidade”. A expectativa, segundo ele, é que a pressão da elite econômica surta algum efeito. Se isso não acontecer, o jeito será pressionar o Congresso para votar o impeachment.

Blog do BG com Poder 360

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sem categoria

Espanha prorroga quarentena para viajantes vindos do Brasil e mais 5 países

Foto: Reprodução/ Twitter/Ministério da Saúde Espanha

A Espanha prorrogou neste sábado, (7), a obrigação de quarentena de 10 dias para passageiros de 6 países da América Latina e África, incluindo o Brasil, para evitar a propagação do coronavírus. A medida, que foi adotada pela 1ª vez em 23 de julho, e, agora, foi prorrogada até 23 de agosto.

De acordo com a medida, viajantes procedentes da Argentina, Brasil, Colômbia, Bolívia, Namíbia e África do Sul terão que cumprir a quarentena assim que chegarem na Espanha. Estes países são considerados de “alto risco” por seus elevados níveis de contágio.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sem categoria

Pequenas Igrejas, Grandes Negócios: Projeto prevê financiamento para pequenos templos de qualquer culto

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O Projeto de Lei 1957/21 prevê a criação, pelas instituições financeiras públicas federais, de linhas de crédito para as pequenas igrejas. A proposta, do deputado Marcelo Brum (PSL-RS), tramita na Câmara dos Deputados. O projeto não detalha o financiamento previsto, mas esclarece que serão beneficiadas as pequenas igrejas, de qualquer culto, inscritas no Cadastro Nacional na Pessoa Jurídica (CNPJ), cujo valor recebido no ano-calendário anterior a partir de doações e das demais receitas de qualquer natureza seja inferior a R$ 4,8 milhões.

Marcelo Brum observa que as restrições resultantes das recomendações para evitar a propagação da Covid-19 acarretaram expressiva retração nos dízimos e nas doações que permitem a prestação de serviços religiosos, gerando desafios para a manutenção das atividades das igrejas, sobretudo as menores.

“Nesse grave contexto, é adequado e oportuno que existam linhas de crédito por parte das instituições financeiras públicas federais direcionadas às pequenas igrejas, que têm uma relevante função social a cumprir, de maneira a viabilizar sua existência inclusive para que, em breve, as obrigações assumidas sejam tempestivamente adimplidas”, afirma o autor da proposta.

Tramitação – O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Agência Câmara de Notícias

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Paraíba

MEDIDA RÍGIDA: Quem agendar vacinação e não comparecer terá CPF bloqueado

Foto: Secom/JP

A Prefeitura Municipal de João Pessoa, por meio da Secretaria de Saúde, vai bloquear o CPF das pessoas que fizerem o agendamento para tomar a vacina contra covid-19 e não comparecerem. Com isso, o proprietário do documento CPF até poderá agendar futuramente, mas será imunizado com a mesma vacina que estava prevista no dia do primeiro agendamento.

De acordo com o secretário Fábio Rocha, a medida pode ser adotada para evitar que a população queira escolher o imunizante que quer tomar. “Essa é uma atitude inconveniente, egoísta e impensada. Todas as vacinas são eficazes e não estamos em tempos de escolher”, disse.

O secretário esclareceu ainda que a Saúde poderá aceitar um novo agendamento de quem não compareceu para aplicação da vacina, mas apenas com uma comprovação de que não pode estar presente. “Essa pessoa deve apresentar um atestado ou qualquer outro documento que mostre a real impossibilidade de ter comparecido para ser imunizado”, explicou.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.