Polícia

URGENTE: Ex-jogador de futebol, Lúcio Curió é preso em operação policial na cidade de Mulungu

Foto: reprodução

Numa ação integrada das forças de segurança foi dado cumprimento a diversos mandados de prisão e de busca e apreensão na madrugada desta quinta-feira (22) na cidade de Mulungu-PB, na região de Guarabira. Participaram da ação Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Ambiental e o Canil da PM, resultando em prisão de envolvidos em assaltos e tráfico de drogas, entre eles o ex-jogador de futebol Lúcio Curió.

Os presos, num total de 7, foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Guarabira onde estão sendo ouvidos pelos delegados que participaram da ação integrada, que objetiva desbaratar esquema criminoso na cidade e região.

De acordo com a polícia, a prisão do ex-jogador foi devido a possível associação para o tráfico com o fornecimento de valores e de armas.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraíba

Geraldo Medeiros diz que é preciso ter um pouco mais de paciência com relação aos grandes eventos na PB

Foto: Reprodução Internet

Em entrevista à Rádio CBN FM, o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, fez um balanço dos casos de Covid-19, no estado, e ressaltou que a população precisa ter um pouco mais de paciência com relação aos grandes eventos com aglomeração de pessoas. O secretário disse que é necessário continuar seguindo todos os cuidados necessários, com relação ao contágio da covid.

“No sentido de que não tenhamos aquele efeito gangorra que tivemos ao longo da pandemia, de haver picos de incidência, depois quedas, depois novamente picos. Com essa vacinação em massa da população, esperamos que não tenhamos mais essa surpresa”, disse Geraldo Medeiros.

O secretário Geraldo Medeiros também destacou que a Paraíba não registrou nenhum caso da variante Delta do vírus, apesar de reconhecer que a chegada seja basicamente confirmada.

“Nós temos a convicção que haverá um pequeno aumento no número de casos novos de Covid-19, mas o número de óbitos, que é o que nos interessa neste momento, continuará em declínio. Isso é o que está ocorrendo quando encontra uma população com a vacinação robusta, que é o caso da Paraíba”, completou.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Romero não garante apoio a Bolsonaro nas eleições de 2022

Foto: Codecom/ CG

O pré-candidato ao Governo da Paraíba, Romero Rodrigues (PSD), que já tem a simpatia declarada do Presidente Jair Bolsonaro (sem partido), não garantiu apoio do partido à reeleição do atual presidente do país nas eleições de 2022.

Embora Romero seja grato ao carinho e respeito de Bolsonaro, e afirmado que a “recíproca é verdadeira”, o ex-prefeito de Campina salientou que o PSD poderá apresentar um outro nome para a presidência.

“A gente sabe que ele tem um respeito muito grande por mim, e a recíproca é verdadeira. Isso é gratificante. Vou tentar somar com ele no processo eleitoral de 2022, embora pode acontecer de em nosso palanque ter outro candidato a presidente, pois há a possibilidade de lançar outra candidatura pelo PSD, ou alguma eventual coligação que a gente possa vir a construir, com pessoas que até pensam diferente de nós. Nós não vamos excluir pessoas que pensam diferente, nosso intuito é somar”, declarou.

Romero Rodrigues afirmou ainda, que está disponível para o diálogo com demais agentes políticos.

“Eu tenho meu ponto de vista, mas ele não pode se limitar apenas ao meu. Vamos conversar com todos, e ver o que podemos construir em torno das eleições do próximo ano”, finalizou.

As declarações foram repercutidas em entrevista concedida à Caturité nesta quarta-feira, (4).

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

PRIVATIZAÇÃO: Câmara vota nesta quinta-feira projeto sobre a quebra do monopólio dos Correios

Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados deve votar nesta quinta-feira, 5, o projeto de lei 591/2021 sobre a quebra do monopólio dos Correios. A proposta, tramita em regime de urgência. Dentre outros pontos, o parecer do relator, deputado Gil Cutrim (Republicanos-MA), é pela possibilidade de venda de 100% do capital da estatal, com a concessão de estabilidade de 18 meses para os mais 98 mil funcionários.

No dia 4, o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, voltou a estimar as operações de privatização da empresa para o primeiro semestre de 2022, embora a concretização das vendas dependa do “apetite de mercado” para realizá-las no “preço correto”.

Para ele, um dos principais ganhos será em maior eficiência na logística interna. Segundo o executivo, o comércio eletrônico poderá sair ganhando, especialmente as pequenas empresas, já que os gigantes do setor têm investido em sistemas próprios de entrega. O Mercado Livre está investindo R$ 10 bilhões em logística, disse Montezano. “O principal beneficiado com a privatização dos Correios é a pequena e média empresa que vende por comércio eletrônico”, afirmou o presidente do BNDES.

Por outro lado, alguns especialistas acreditam que com a privatização as áreas pobres ou mais distantes correm o sério risco de ficar desassistidas ou mal atendidas.

Entenda o que está em jogo com a privatização dos Correios:

Qual o tamanho dos Correios hoje?

– Os Correios é a única empresa do ramo que está presente em todos os 5.570 municípios brasileiros.

– No Brasil, são 10.982 unidades de atendimento. Sendo, são 760 pontos de atendimento no Ceará.

– Possui mais de 90 mil empregados. Destes, 2.226 atuam no Ceará

O que diz a PL 591/2021 que está tramitando na Câmara Federal?

– Enviado pelo Governo em fevereiro deste ano, o Projeto de Lei 591/21, na prática, autoriza que os serviços postais possam ser explorados pela iniciativa privada, inclusive, os que hoje estão em regime de monopólio.

– Pela proposta, a União manterá para si apenas uma parte dos serviços, chamada na proposta de “serviço postal universal”. Seria uma forma de cumprir a obrigação prevista na Constituição.

– O operador privado será obrigado a praticar a modicidade de preços e cumprir metas de universalização e de qualidade definidas pelo Governo dentro da política postal brasileira. O texto abre possibilidade para mais de um operador por região.

– Também define regras para o que seria um novo marco regulatório para o setor, com direitos e deveres das empresas que entrarem no mercado postal

– Amplia atuação da Agência Nacional de Telecomunicações, que passaria a incluir também os serviços postais no Brasil.

Com O Povo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Covid-19

João Pessoa deve começar a imunizar pessoas a partir de 27 anos sem comorbidades, a partir desta sexta (6)

Foto: PMJP/Divulgação

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, falou na manhã desta quinta-feira (5) que deve começar a imunização de pessoas a partir de 27 anos e sem comorbidades já a partir desta sexta-feira (06), assim que forem recebidos os novos lotes.

O agendamento deve ser aberto às 19h desta quinta-feira (5), no site vacina.joaopessoa.pb.gov.br e aplicativo Vacina JP.

De acordo com dados do Portal da Transparência do município, a cidade de João Pessoa já aplicou 632.358 doses, sendo 434.532 da primeira e 185.281 da segunda, além de 12.545 doses únicas. A capital paraibana tem atualmente 24,2% da população totalmente vacinada.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Pedro Cunha Lima: “País precisa sair da “polarização” e defende um terceiro nome para presidente

Foto: Divulgação PSDB

O deputado Pedro Cunha Lima (PSDB) defende a bandeira do combate à radicalização do debate político. Segundo ele, o país precisa deixar a “polarização” entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula (PT).

O deputado disse ainda, que internamente, simpatiza, por uma candidatura à Presidência do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, mas não descarta que o partido possa apoiar um nome de outra legenda.

“A gente está chegando num estágio de intolerância, onde tudo vive uma guerra incessante de todos os lados. O PSDB não necessariamente precisa ter candidatura à Presidência. Se tiver outro nome, em outro partido, que esteja fortalecido para disputar a eleição, eu defendo que o PSDB deve apresentar esse nome”, disse.

Pedro deverá disputar, ano que vem, mais um mandato na Câmara Federal.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Governo Federal apresenta orientações para volta segura às aulas presenciais

Foto: Divulgação Governo Federal

Higiene das mãos, distanciamento entre mesas e cadeiras, uso de máscaras e capacitação dos profissionais: essas são algumas das recomendações divulgadas pelo Governo Federal para a volta às aulas presenciais com segurança em todo o Brasil.

Na assinatura do documento, o ministro Queiroga lembrou que Saúde e Educação são direitos fundamentais e que o governo federal trabalha para priorizar estas diretrizes.

O guia, elaborado pelo Ministério da Saúde, traz os protocolos que devem orientar os gestores regionais, professores e profissionais da educação para o retorno das aulas presenciais na educação básica. Todos os profissionais do ambiente escolar devem ser capacitados para cumprirem as recomendações.

O guia ainda prevê a manutenção de ambientes ventilados, o escalonamento no horário de entrada e saída dos estudantes e os intervalos entre as turmas, a medição de temperatura de estudantes e profissionais ao chegarem no ambiente escolar, e a intensificação da higiene das mãos. As recomendações também dedicam atenção especial aos pais surdos ou com outra deficiência para que recebam as informações em Libras.

As diretrizes foram elaboradas levando em consideração a necessidade do retorno às aulas presenciais no país para conter os prejuízos de milhões de estudantes que precisaram ficar fora da escola no ano passado e no primeiro semestre deste ano. Estudos conduzidos em vários países indicam que as taxas de infecção pela Covid-19 em escolas são menores do que na comunidade em geral.

Acesse aqui as orientações e protocolos para a volta às aulas com segurança.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraíba

VÍDEO: Missas e carreata marcam encerramento da programação religiosa da padroeira e aniversário da cidade de João Pessoa

Foto: Reprodução

A programação religiosa da padroeira da cidade de João Pessoa, Nossa Senhora das Neves, e dos 436 anos da capital paraibana, se encerra, nesta quinta-feira (05), com missas e uma carreata. Vale lembrar que as celebrações passaram por algumas alterações, seguindo os protocolos sanitários, devido a pandemia da Covid-19.

A missa solene presidida pelo arcebispo Dom Manoel Delson com a participação do Clero, acontece na Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, no Centro da cidade.

Veja o vídeo:

Ao meio-dia está prevista a Oração do Angelus e uma Santa Missa dedicada aos enfermos e que será presidida pelo Padre Sandro Santos, da Comunidade Consolação Misericordiosa.

Por volta das 15h será realizado o Santo Terço (com o Terço dos Homens).  Em seguida, começa a carreata com saída da Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, no Centro, em direção ao Santuário Mãe Rainha, no bairro do Bessa, na Capital, onde será realizada uma Missa Drive-IN às 17h, com o Padre Nilson.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: TSE pediu à PF apuração sobre invasão 10 dias após segundo turno em 2018

Foto: Reprodução/CNN Brasil

O então secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) durante as eleições de 2018, Giuseppe Dutra Janino, encaminhou à Polícia Federal no dia 7 de novembro de 2018 um pedido para a PF investigar uma invasão aos sistemas digitais da corte. (VÍDEO AQUI).

A carta foi elaborada a pedido da então presidente do TSE, Rosa Weber, a partir do recebimento de uma denúncia feita por um hacker ao portal de notícias “Techmundo”. Weber pediu que a Secretaria de Tecnologia analisasse o caso.

No documento, o secretário de tecnologia avalia ser necessário a abertura de uma investigação pela Polícia Federal uma vez que “existe a possibilidade de manipulação de arquivos de configuração que alimentam o software da urna”.

Veja abaixo os detalhes do documento:

– Trata-se de informar acerca do recebimento de denúncia de acesso indevido de dados relativos aos sistemas eleitorais e ao projeto do hardware da UE2018. tal denúncia foi encaminhada por e-mail a assessoria de comunicação deste tribunal, a qual solicitou esclarecimentos sobre o teor do e-mail encaminhado pelo sr. Felipe Payão, identificado como repórter do portal “Techmundo”.

– Tal conteúdo evidencia o acesso indevido dos seguintes dados: 1) Código-fonte completo do Gedai UE possivelmente da versão usada nas eleições 2018, porém sem assinaturas da cerimônia de lacração; 2) chaves e credenciais de acesso a servidores usadas pelo Gedai UE; 3) senhas para oficialização dos sistemas, candidaturas e horário eleitoral utilizadas para eleição suplementar 2018 de Aperibé/RJ; 4) manual técnico da impressora de votos desenvolvidas pelo FIT; 5) manual do QR Code do boletim de urna.

– Não há evidência de acesso indevido do código fonte do software da urna – Uenux, embora exista evidência de acesso indevido de código comum entre o Gedai-UE e o Unenux.

– Com relação ao material acessado indevidamente, o impacto é o seguinte:

1) o manual do QR-Code já é de domínio público e encontra-se publicado na Internet;

2) o manual da impressora de votos não possui informação sensível uma vez que trata-se da documentação de um protótipo que nunca entrou em operação – o seu caráter sigiloso se deve a uma relação contratual entre o FIT e a Quattro Eletronica;

3) as senhas de oficialização permitem, a alteração de dados de partidos e candidatos “até mesmo a sua exclusão” no contexto de um processo eleitoral. Ou seja, no caso concreto afeta apenas a eleição suplementar 2018 de Aperibé/RJ;

4) as credenciais de acesso aos servidores usados pelo Gedai UE podem permitir que alguém dentro na intranet da Justiça Eleitoral consiga copiar os dados de eleitores e candidatos que alimentam as urnas n, mas sem a capacidade de adulterá-los;

5) as chaves usadas pelo Gedai ainda requerem uma análise de risco mais detalhada isso porque parte das chaves são geradas no momento da lacração e os acesos indevido diz respeito ao material presente no ambiente de desenvolvimento, ou seja, o software lacrado usa chaves diferentes na hipótese de serem as mesmas existe a possibilidade de manipulação de arquivos de configuração que alimentam o software da urna;

6) o código fonte do Gedai acompanhado de seus binários compilados permite a importação de dados oficiais das eleições e carregamento de urnas com esses dados contudo o software de urna utilizado não tem as assinaturas oficiais da lacração que fica evidenciado pelo LED de segurança da urna e pelos procedimentos de verificação de hash e assinatura; também não seria possível a geração de um boletim de urna válido para a totalização a partir disso;

7) diante desse cenário solicita-se a abertura de inquérito policial junto a Polícia Federal para apuração dos fatos;

8) Outras providencias já estão em andamento nessa STI para sanar as fragilidades que resultaram nesse acesso indevido assim como tornar os sistemas expostos ainda mais seguros;

9) Finalmente, alerta-se sobre a necessidade de tramitação urgente desse processo.

A própria nota enviada pelo secretário de tecnologia ressalta que, apesar do risco de ter havido material acessado indevidamente, tal ato seria incapaz de alterar o resultado das eleições de 2018.

Procurado, o TSE não se manifestou.

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraíba

Prefeitura de João Pessoa entrega ampliação de ciclofaixa, na PB-008

Foto: Divulgação Secom JP

A Prefeitura de João Pessoa entregou nesta quinta-feira (05), a ampliação da ciclofaixa da PB-008, no dia em que João Pessoa completa 436 anos.

“Nós queremos transformar nossa cidade na capital do esporte. Cresceu muito a utilização das bicicletas e estaremos juntos apoiando por ser uma atividade saudável, que melhora a qualidade de vida. Vamos investir em eventos de diversas modalidades para consolidar João Pessoa como cidade que incentiva e apoia o esporte”, declarou o prefeito.

Com a ampliação, o circuito de ciclismo ganha 7,2 km de extensão, somando ida e volta. Antes da intervenção, a ciclofaixa se estendia da Estação Ciência até o Posto Federal, chegando agora até o Centro de Convenções.

De acordo com o superintendente de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP), George Moraes, o projeto é levar ainda mais estrutura para o local. “Esse espaço vai ganhar câmeras de monitoramento, radar de velocidade e uma atenção especial da Semob-JP para garantir fiscalizar, educação e monitoramento de seu uso. Nosso propósito é garantir uma prática esportiva com muita segurança para o ciclista e também para os demais modais do trânsito”, afirmou.

Para o secretário municipal da Juventude, Esporte e Recreação, Kaio Márcio, o novo circuito é uma conquista para os praticantes do ciclismo, cujo número é crescente na capital paraibana. “Ficamos felizes de atender este pedido dos ciclistas, que já vem de muitos anos. João Pessoa está se tornando uma cidade de ciclistas, vemos isso na rua todos os dias e com está ação podemos oferecer a oportunidade da prática com mais segurança e qualidade”, afirmou o secretário.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Covid-19

Vídeo: Ministro da Saúde garante que toda população acima de 18 anos estará vacinada em João Pessoa, até Setembro

Foto: Fábio Rodrigues

Recentemente, o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, falou sobre a intenção de vacinar toda a população, acima de 18 anos, até o mês de Setembro, contra a Covid-19.

Questionado sobre essa possibilidade durante entrevista ao Blog do BG PB, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, acredita que isso seja possível, devido aos grandes esforços do Governo Federal, com a compra de milhões de doses.

“Com as vacinas que são encaminhadas pelo Ministério da Saúde, seguramente, ele vai cumprir porque temos agora no mês de Agosto, mais de 60 milhões de doses para o mês de Setembro. Assim, como o prefeito Cícero Lucena terá doses suficientes para imunizar a população de João Pessoa, acima de 18 anos, com a primeira dose e vai avançar bastante com a segunda dose,” garantiu o ministro Marcelo Queiroga.

Veja o vídeo:

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *