Turismo

SEM RESTRIÇÕES: Argentina reabrirá fronteiras para brasileiros a partir de 1º de outubro

Foto/ EMPROTOUR/ Divulgação

A ministra da Saúde argentina, Carla Vizzotti, e o novo chefe de gabinete da presidência, Juan Manzur, anunciaram o fim de diversas medidas sanitárias de controle ao novo coronavírus. Entre elas, a reabertura das fronteiras terrestres com países vizinhos a partir de 1º de outubro.

De acordo com o comunicado, viajantes de países vizinhos poderão entrar na Argentina por terra, sem a necessidade de fazer quarentena. Os voos com estes países, como o Brasil, também poderão ser retomados, mas disso depende a autorização dos governadores de cada província. Já os demais viajantes internacionais terão a entrada permitida a partir de 1º de novembro.

Para entrar na Argentina, estrangeiros em geral deverão apresentar comprovante de vacinação com as duas doses (ou dose única) aplicadas há pelo menos duas semanas antes da chegada. Também será obrigatório apresentar teste PCR negativo para Covid-19 feito até 72 horas antes da viagem, e fazer um novo teste PCR de cinco a sete dias após a chegada.

Pessoas que não estiverem com a vacinação completa ou menores de idade ainda não imunizados serão submetidos a quarentena, com um teste após sete dias.

O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Indicadores confirmam retomada do turismo após perdas de R$ 413 bilhões desde o início da pandemia

Foto: Edilson Dantas/Agência O Globo

O turismo foi um dos setores mais afetados mundialmente pela pandemia. Em relação ao Brasil, especificamente, o fechamento de fronteiras, imposição de isolamento social, cumprimento de medidas sanitárias, números elevados de mortes e casos de covid-19 no país e aumento do dólar são os principais fatores atribuídos aos prejuízos do setor. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o turismo já acumula perda de R$ 413,1 bilhões desde o início da crise sanitária. Entretanto, entidades da área têm projetado, cada vez mais, uma recuperação e aumento nas demandas.

Dados divulgados na última quinta- feira (16.) pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), com base em informações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), registram pelo quinto mês consecutivo um aumento nos voos domésticos — ou seja, realizados dentro do Brasil. Em setembro, a malha aérea doméstica registrou uma média diária de 1.793 partidas, o que equivale a 74,6% da oferta de voos que as companhias aéreas nacionais operavam antes do impacto da pandemia, em março de 2020.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, considera que os dados demonstram apenas o início de uma forte retomada do segmento no país: “Estamos com a expectativa de que os próximos meses sejam ainda melhores em todos os segmentos turísticos, principalmente com o avanço da vacinação. Não tenho dúvidas de que o turismo doméstico voltará com muito mais força e precisaremos de uma malha aérea forte que atenda a demanda dos nossos turistas”, disse.

O presidente da Abear, Eduardo Sanovicz, também atribuiu o crescimento do setor ao avanço da vacinação pelo país e ao não recrudescimento da pandemia. Entretanto, Sanovicz ressaltou que determinados fatores podem “inibir” a recuperação das companhias aéreas: “Temos também de enfrentar o Custo Brasil, que pode inibir uma recuperação mais consistente da aviação”, afirmou o presidente. O ‘Custo Brasil’ ao qual Sanoviz se refere trata-se de um conjunto de dificuldades econômicas e/ou estruturais que prejudicam o crescimento do país e influenciam de forma negativa o ambiente de negócios. Como o aumento do combustível e a alta da inflação.

Na última quarta- feira (15), durante videoconferência realizada pelo Ministério da Saúde, o secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, William França, apresentou os impactos da pandemia no turismo brasileiro e as ações realizadas para a retomada do setor.

O secretário destacou a necessidade de protocolos de biossegurança e a tendência do turismo de proximidade e do turismo de natureza.

De acordo com o Ministério da Saúde, na ocasião também foi ressaltada a liberação do crédito de R$ 5 bilhões, via Fundo Geral do Turismo (Fungetur), para socorrer o setor durante a pandemia. Segundo França, a ideia foi garantir a manutenção das empresas e empregos do setor.

Os destinos da Região Nordeste são os mais procurados

Os destinos mais procurados pelos brasileiros têm sido na região do Nordeste, com destaque para Recife (PE), Maceió (AL), Natal (RN), Porto Seguro (BA) e Porto de Galinhas (PE). A empresa de viagens CVC afirma que, com a vacina, os brasileiros se sentem mais seguros para retomarem os planos de viagem.

A empresa destaca que, apesar do impulsionamento causado pelo turismo doméstico, destinos internacionais também começam a ganhar força à medida que fronteiras são reabertas, e as vendas chegam a aumentar em até 6 vezes.

 

Com informações SBT News

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

JÁ TÔ COM A ROUPA DE IR: Voos para países que recebem brasileiros custam até 35% menos que em 2019

Imagem: Reprodução

Os voos para países que reabriram suas fronteiras para os brasileiros estão mais baratos que antes da pandemia. De acordo com dados da plataforma de pesquisa e reservas Kayak, viajar para estes destinos chega a custar até 35% menos, como é o caso da Espanha, menos que em 2019.

Passagens para o país — que foi um dos primeiros na Europa a reabrir para o turismo de cidadãos do Brasil — estão saindo por R$ 3.211, em média. No entanto, a diminuição dos valores é mais facilmente vista ao comparar os preços em euros, já que as altas taxas de câmbio podem mascarar a flutuação e encarecer o trajeto.

Outros países muito procurados e agora reabertos para brasileiros também se destacaram: República Tcheca está 32% mais barata, Portugal é um destino 24% mais econômico e Alemanha 28% mais em conta, enquanto Peru é atualmente 16% mais caro do que em 2019. No entanto, ao comparar os preços de passagens para estes destinos nos últimos meses, o cenário muda. Embarcar para o Peru teve aumento de 17% e Portugal subiu 13%, entre julho e agosto.

Portanto, quem pretende viajar nos próximos meses já pode pensar em comprar a passagem, já que os valores podem crescer ainda mais se a tendência de alta se repetir. Fique atento especialmente a passagens para Espanha, Alemanha, Bélgica e Portugal — países com o maior crescimento em buscas entre julho e agosto, segundo o Kayak, com aumentos de 235%, 222%, 199% e 165% respectivamente. Afinal, alta demanda pode elevar os preços.

Blog do BG com UOL

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

PORTAS ABERTAS: Brasileiros são dispensados de quarentena e poderão entrar na Alemanha apenas com teste negativo de Covid

DIVULGAÇÃO

O governo da Alemanha determinou nesta sexta-feira (17) que viajantes saindo do Brasil podem entrar em seu território sem necessidade de quarentena, tendo apenas que apresentar um teste negativo de Covid-19 ao chegar ao país. A determinação passa a valer a partir deste domingo (19).

A mudança ocorre porque o Brasil deixou de ser considerado uma área “de alto risco” pelo governo alemão. Com isso, basta que o viajante saindo do território brasileiro apresente um dos seguintes documentos para dispensar a quarentena: um teste negativo, uma prova de vacinação ou de recuperação da doença.

No caso da prova de vacinação, valem apenas as vacinas autorizadas pela agência de medicamentos da União Europeia — Pfizer, AstraZeneca, Moderna e Janssen. Mas pessoas vacinadas com a CoronaVac poderão entrar apresentando o teste negativo ou o certificado de recuperação.

O governo alemão tem apenas dois grupos para distinguir países considerados “de risco”: áreas de “alto risco” e áreas “com variantes que preocupam” — atualmente, nenhum país está incluído neste.

O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Justiça do Rio anula decisão e leilão do Hotel Tambaú volta à fase inicial

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro acatou, na última quarta-feira (02), um recurso de efeito suspensivo apresentado pelo Grupo A Gaspar, do Rio Grande do Norte e suspendeu a decisão que dava ao advogado paraibano Rui Galdino, considerado vencedor do leilão do Hotel Tambaú, em João Pessoa.

Segundo o Portal Turismo Em Foco, a decisão dessa semana suspende “os efeitos do acórdão embargado, e consequentemente do leilão realizado no dia 29.10.2020, até o julgamento final destes aclamatórios”.

Na prática, o leilão voltou a ser suspenso e Rui Galdino impedido, até o julgamento do mérito, de receber o documento de imissão de posse do Tambaú Hotel. A mesma decisão vale para o Grupo A Gaspar, vencedor do leilão ocorrido no dia 04 de fevereiro deste ano.

A decisão foi tomada pela desembargadora Marília de Castro Neves, que havia dado ganho ao advogado na primeira ação, ainda no TJ do Rio de Janeiro, no dia 18 de agosto, quando a corte se reuniu e decidiu, por unanimidade, em favor do paraibano. Porém, nesse efeito suspensivo, ela relata que “causa espécie…o fato de o presente recurso ter tramitado por oito meses sem que o embargante tenha requerido sua habilitação nos presentes autos.”

“Ademais, causa estranheza que a referida habilitação tenha ocorrido apenas depois do julgamento do mérito recursal.”

Mais PB com Turismo em Foco

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

QUEM VAI QUERER? Argentina quer dar 100 mil passagens grátis para atrair turistas, inclusive do Brasil

O ministro do Turismo e Esportes da Argentina, Matías Lammens, durante entrevista ao diário de La Nación, revelou que a Argentina prepara uma campanha agressiva para atrair turistas na reabertura: dar passagens grátis! É isso mesmo, os hermanos querem oferecer os voos para você ir visitar a terra de Carlos Gardel!

A primeira notícia relevante é que a Argentina planeja a reabertura do país para turistas para outubro, sem a necessidade de quarentena. Isso ainda depende do avanço da variante delta no país vizinho.

Para o reinício seria utilizada a verba de promoção turística para comprar 100.000 passagens da Aerolíneas Argentinas, que é estatal, bonificando até 100% os turistas que passarem 4 ou 5 noites no país.

Estariam contemplados turistas vindos do Brasil, Chile e Paraguai, que representam 65% do turismo receptivo da Argentina.

O plano ainda não é oficial, precisa ser ratificado pela Casa Rosada e ainda pode sofrer ajustes, claro.

Com informações Melhores Destinos e La Nación.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

28 países da Europa aceitam viajantes partindo do Brasil; confira lista

Foto: Divulgação

São 28 os países da Europa que permitem o desembarque de pessoas vacinadas vindas do Brasil. Existem diferenças de autorização e de requisitos. Até o momento, 17 deles aceitam brasileiros totalmente vacinados contra a covid-19 sem qualquer restrição. Em 11 países, há necessidade de quarentena ou de teste negativo para cidadãos com a imunização completa e que estejam partindo do Brasil. O isolamento exigido pelos territórios deve ser feito em local previamente informado pelo viajante ao governo. Em caso de descumprimento, multa pode ser aplicada.

Apor outro lado, 23 nações continuam com as fronteiras fechadas para pessoas vindas do Brasil, num esforço para barrar a disseminação de novas variantes do coronavírus. Em situações de emergência –como visitas a parentes em estágio terminal, viagens essenciais a trabalho ou tratamento de saúde local–, exceções são abertas na maioria dos territórios. Cidadãos nativos também têm acesso liberado.

O levantamento feito pelo Poder360 considerou as informações oficiais de todos os países do continente, ou os dados de restrições de viagens compilados pela Iata (Associação Internacional de Transportes Aéreos).

Confira a lista

Foto: Reprodução

Metróples

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Aventura espacial por R$ 2,3 milhões: Virgin Galactic começa a vender passagens para voos turísticos suborbitais

Foto: VIRGIN GALACTIC/HANDOUT VIA REUTERS – 11.7.2021

Após o bem-sucedido voo inaugural, que levou o fundador Richard Branson e mais três funcionários à fronteira do espaço, a Virgin Galactic iniciou a venda de passagens para voos turísticos suborbitais.

A empresa espera iniciar os voos comerciais no ano que vem. Além dos assentos individuais, que vão custar a partir de 450 mil dólares, ou cerca de 2 milhões e 300 mil reais, a empresa também oferece pacotes e o fretamento de voos até a base lançamento, no Novo México.

No primeiro voo com passageiros, a espaçonave VSS Unity chegou a 86 km de altitude acima do nível do mar. Isso já representa uma viagem espacial, pelo menos no padrão reconhecido pelos Estados Unidos. Os americanos determinam que o “limite do espaço” fica a 80 km. Mas o índice adotado no resto do mundo é conhecido como “Linha Kárman”, que fica a 100 km de altitude.

De qualquer maneira, a aventura é sensacional, com uma paisagem de tirar o fôlego e ainda com alguns minutos de gravidade zero, que sempre rendem boas risadas para os viajantes. Quem se interessar, pode pagar um depósito para ter prioridade na hora da chamada para os voos.

Olhar Digital

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraíba

Pesquisa aponta que João Pessoa está entre as 15 cidades mais procuradas pelos turistas brasileiros

Foto: Dayse Euzébio/Secom-JP

Pesquisa da empresa Decolar analisou as tendências de destinos nacionais para as férias de julho deste ano. Com base nas buscas por pacotes de viagens, João Pessoa está em 14º lugar entre as cidades mais citadas – o ranking apresenta 10 cidades do Nordeste.

De acordo com o diretor-geral da Decolar, Alexandre Moshe, os brasileiros estão ansiosos para viajar e fazem planos para isso. “Conforme o ritmo da vacinação avança, há um aumento na procura por viagens nacionais, com destaque para os lugares que proporcionam mais atividades ao ar livre e praias”, pontuou o executivo.

Para o secretário de Turismo de João Pessoa, Daniel Rodrigues, a capital paraibana se enquadra nesses dois itens destacados pelo diretor da Decolar. A Paraíba é um dos estados brasileiros que mais tem vacinado a sua população, chegando a quase 1,8 milhão, e João Pessoa, na semana passada, havia atingido uma cobertura vacinal de quase 60% da população maior de 18 anos.

Outro ponto positivo é que João Pessoa é considerada uma das cidades mais verdes do Brasil e com amplos espaços abertos para que as pessoas possam curtir a natureza. As praias urbanas são referências no litoral nordestino, que unem areias brancas e limpas, mar calmo e com temperatura ideal para banho, além da infraestrutura da rede hoteleira e de serviços de restaurantes e bares.

Posição Destinos

1º Gramado (RS)
2º Rio de Janeiro (RJ)
3º Maceió (AL)
4º Natal (RN)
5º Porto Seguro (BA)
6º Fortaleza (CE)
7º Porto Alegre (RS)
8º Porto de Galinhas (PE)
9º Salvador (BA)
10º Recife (PE)
11º Foz do Iguaçu (PR)
12º Florianópolis (SC)
13º Maragogi (AL)
14º João Pessoa (PB)
15º Jericoacoara (CE)

ClickPB

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *