Política

Bolsonaro visita João Pessoa e deve participar de pré-campanha de Queiroga

O ex-presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), deve visitar a cidade de João Pessoa no mês de fevereiro. A informação foi divulgada primeiramente na coluna Radar, da Revista Veja.

De acordo com a publicação, durante a visita Bolsonaro deverá participar de eventos da pré-campanha de Marcelo Queiroga como opção da legenda na capital paraibana para tentar transferir seu capital político ao ex-auxiliar.

O médico paraibano Marcelo Queiroga foi o único ministro que conseguiu durar mais tempo à frente do Ministério da Saúde durante a pandemia da covid-19, iniciada em 2020 e que parou o país com o fechamento de comércio, instituições e estabelecimentos por quase dois anos, até a chegada da vacina e imunização da população em 2021.

Para receber essa e outras notícias acesse o grupo do BG PB no Whatsapp

Com PB.com

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Brasil

Buscas por detentos no RN chegam ao 21º dia nesta terça e superam caçada por Lázaro Barbosa

Foto: Reprodução

Os dois detentos que fugiram da penitenciária federal de Mossoró (RN) completam 21 dias de fuga nesta terça-feira (5) e superam Lázaro Barbosa, conhecido como ‘maníaco do Centro-Oeste’. Ele matou quatro pessoas da mesma família, no Distrito Federal, e ficou 20 dias foragido até ser morto pela polícia, em Cocalzinho de Goiás (GO), em 2021.

• 14/02

Deibson Cabral Nascimento e Rogerio da Silva Mendonça consegiram escapar durante a madrugada. Eles são suspeitos de ter ligações com a facção criminosa Comando Vermelho, no Acre, onde o grupo domina as operações criminosas e onde a dupla estava presa até setembro do ano passado.

• 16/02

Moradores alegaram ter visto a dupla em diversas ocasiões. Dois dias após a fuga, Deibson e Rogerio teriam feito uma família de refém, na zona rural de Mossoró. Neste dia, a polícia também encontrou pegadas, calçados, roupas, lençóis e uma corda, além de uma camiseta do uniforme da penitenciária, em uma área de mata.

• 22/02

Três pessoas foram presas em flagrante por supostamente terem facilitado a fuga dos detentos.

• 26/02

Um homem identificado como Ronaildo da Silva Fernandes foi preso suspeito de ajudar os fugitivos. Ele é dono de um sítio em Baraúna, município na zona rural do RN que fica na divisa com o Ceará, e teria recebido R$ 5 mil para abrigar Deibson e Rogerio por oito dias.

• 27/02

Os fugitivos foram vistos em um vilarejo no Rio Grande do Norte. Segundo informações obtidas pela RECORD, os moradores do local reconheceram Deibson e Roberio, que voltaram para a mata antes da chegada da polícia.

• 1º/03

Durante a madrugada, a Polícia Federal acionou helicópteros, drones, equipamentos que captam calor humano e cachorros farejadores, que sentiram o cheiro dos fugitivos e percorreram 600 metros, mas sem êxito. Àquele momento, as autoridades acreditavam que os foragidos estavam perdidos sem ajuda, já que os rastros indicavam que estavam voltando para o estado, em vez de tentar fugir.

• 03/03

Forças de segurança cercaram uma fazenda em Baraúna, após moradores da região relatarem ter visto os foragidos durante a madrugada. Os dois teriam invadido uma propriedade rural e agredido um agricultor. De acordo com policiais que participam das buscas, os detentos roubaram outros moradores.

600 agentes nas buscas e R$ 30 mil de recompensa

Mais de 600 agentes estão à procura dos detentos. Os investigadores concentram as buscas entre Mossoró e Baraúna, cidades separadas por uma distância de cerca de 35 km.

A Polícia Federal passou a oferecer uma recompensa de R$ 30 mil por informações que levem à captura dos foragidos. A denúncia anônima pode ser feita pelo número 181 ou por mensagem para o celular (84) 98132-6057.

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Paraíba

Inmet emite três alertas de chuvas para a Paraíba

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu três alertas de perigo de chuvas intensas, na Paraíba. Os avisos foram emitidos na manhã desta terça-feira (5). Veja abaixo detalhes de cada alerta.

O primeiro alerta amarelo é direcionado a 86 municípios do Sertão e Alto Sertão do estado e prevê chuvas entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 km/h). Há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. O alerta segue até a próxima sexta-feira (8).

Um segundo alerta, com a mesmas características do primeiro, foi emitido para 88 cidades do Litoral e parte do Agreste. No entanto, ele só vale até esta quarta-feira (6).

Já o último alerta é laranja, com perigo de chuvas intensas. Até esta quarta-feira (6), 87 municípios do Sertão e do Alto Sertão podem ser atingidos por chuvas de 30 a 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia e ventos intensos que podem chegar aos100 km/h. Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O instituto aconselha que, em caso de rajadas de vento, a população não se abrigue debaixo de árvores e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. As pessoas também devem evitar o uso de aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Blog do BG PB 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Paraíba

João Pessoa tem a quarta maior alta no preço da casa própria, revela Fipe/Zap

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 78805a221a988e79ef3f42d7c5bfd418-36.png Apesar da queda de 3,76% no IGP-M, principal indicador da inflação imobiliária, o preço médio da casa própria no Brasil subiu 5,31% nos últimos 12 meses. A informação está no levantamento Fipe/Zap, divulgado nesta terça-feira (5). João Pessoa teve a quarta maior alta, com uma variação de 9,93%. A capital paraibana fica atrás apenas de Maceió (AL) e Goiânia (GO), que apresentaram a maior alta no período, com 15,23% e 14,29% de aumento médio, respectivamente. Em terceiro lugar está Florianópolis, com 11,29%. A cidade do Rio de Janeiro teve o menor reajuste entre as capitais, de 1,36%, abaixo da inflação. Em seguida aparece Porto Alegre (RS), com alta média de 1,71%. O índice Fipe/Zap acompanha a valorização do preço dos imóveis residenciais em 50 cidades brasileiras. Veja o ranking de valorização nas 16 capitais pesquisadas: • 1º Maceió (15,23%); • 2º Goiânia (14,29%); • 3º Florianópolis (11,29%); • 4º João Pessoa (9,93%); • 5º Manaus (9,80%); • 6º Belo Horizonte (9,64%); • 7º Campo Grande (9,24%); • 8º Curitiba (8,57%); • 9º Vitória (8,08%); • 10º Recife (6,36%); • 11º Salvador (5,75%); • 12º Fortaleza (5,02%); • 13º São Paulo (4,69%); • 14º Brasília (2,40%); • 15º Porto Alegre (1,71%); e • 16º Rio de Janeiro (1,36%). Entre as não capitais, a pesquisa mostra que os maiores valores se concentram em três municípios de Santa Catarina: Balneário Camboriú (R$ 12.842/m²), Itapema (R$ 12.709/m²) e Itajaí (R$ 10.705/m²). A tendência de alta nos últimos 12 meses também se apresentou em fevereiro. O indicador subiu 0,49% no mês, valor inferior ao IGP-M no período, que fechou em 0,52%. O resultado do Fipe/Zap foi superior ao de janeiro, quando teve alta de 0,36%. Portal Correio

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Paraíba

Paraíba deve ter chuvas em todas as regiões nas próximas duas semanas, prevê Inmet

Chuvas, Cajazeiras
Previsão indica muita chuva no interior da Paraíba (Foto: Pixabay)
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou, nesta segunda-feira (4), a previsão de chuvas até o dia 20 de março. De acordo com o documento, todas as regiões da Paraíba devem ser atingidas por chuvas. Segundo o Inmet, entre 04/03 e 11/03 o Sertão deve receber chuvas intensas que podem variar de 70,0 mm a 100,0 mm. Já o Cariri, Agreste, Brejo e Litoral, podem ser atingidas por chuvas fortes de até 50mm. Já na semana que compreende o dias 12/03 e 20/03, a previsão é de chuva em forma de pancadas que podem superar os 80,0 mm no sertão da Paraíba e de Pernambuco. Nas demais áreas, são previstos menores acumulados de chuvas, que podem chegar a 60,0 mm. Em todo o país, as precipitações podem ultrapassar 60,0 milímetros em grande parte do País, devido à combinação do calor e alta umidade. Além disso, a atuação da Zona de Convergência Intertropical poderá influenciar as instabilidades no centro-norte do Brasil, provocando chuvas intensas. BG com Portal Correio

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mundo

Suprema Corte dos EUA decide que Trump pode disputar eleições

Presidente dos EUA, Donald Trump, chega de Camp David à Casa Branca em WashingtonFoto: Reuters A Suprema Corte dos Estados Unidos deu a Donald Trump uma grande vitória nesta segunda-feira, impedindo que os Estados desqualifiquem candidatos a cargos federais com base em uma disposição constitucional que envolve insurreição e revertendo a exclusão do candidato da cédula de votação do Colorado. Por unanimidade, os juízes anularam a decisão de 19 de dezembro do principal tribunal do Colorado de retirar o ex-presidente da cédula de votação das primárias republicanas do Estado na terça-feira, depois de concluir que a 14ª Emenda da Constituição dos EUA o desqualificava para ocupar novamente um cargo público. O tribunal do Colorado considerou que Trump participou de uma insurreição por incitar e apoiar o ataque ao Capitólio dos EUA em 6 de janeiro de 2021 por seus apoiadores. Mas quatro dos nove juízes da Suprema Corte, incluindo as três juízas progressistas, criticaram o restante da corte por anunciar regras que limitam como a disposição constitucional pode ser aplicada no futuro. Trump é o principal candidato à indicação republicana para desafiar o presidente democrata Joe Biden na eleição de 5 de novembro nos EUA. Sua única rival restante para a indicação de seu partido é a ex-governadora da Carolina do Sul, Nikki Haley. A decisão foi emitida na véspera da chamada Super Terça, o dia do ciclo das primárias presidenciais dos EUA em que um grande número de Estados realiza disputas de nomeação do partido. Agência Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Saúde

Mesmo adultos, jovens parecem mais velhos quando estão estressados, diz estudo

Todo mundo às vezes fica com uma imagem mais cansada e isso tem relação com o estresseFoto: Reprodução

Muita gente já ouviu uma pessoa jovem reclamar que estava parecendo “velha” naquele momento. Pode parecer exagero, mas um novo estudo da Universidade Estadual da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, mostra que mesmo adultos novos podem se sentir e parecer mais velhas nos dias estressantes. E o que faz toda diferença é a sensação de perder o controle da própria vida.

Já existiam pesquisas que mostravam que o estresse faz com que idosos realmente “sintam a idade” ou se percebam até mais velhos do que são. No entanto, havia pouco material para avaliar adolescentes ou pessoas de 20 a 30 anos.

Para este estudo, os pesquisadores coletaram dados de 107 adultos com idades entre 18 e 36 anos (a idade média era de cerca de 20 anos). Os participantes completaram um questionário seguido por uma pesquisa diária detalhada durante oito dias. As pesquisas foram pensadas para medir a quantidade de estresse que eles vivenciavam a cada dia, quanto controle eles sentiam que tinham sobre suas vidas naquele momento e que idade eles sentiam e aparentavam.

“A principal descoberta foi que nos dias em que os participantes do estudo relataram ter experimentado níveis mais elevados de estresse do que normalmente, também relataram que pareciam e se sentiam mais velhos”, diz Shevaun Neupert, um dos autores do estudo e professor de psicologia na Universidade Estadual da Carolina do Norte. “No entanto, isso só aconteceu nos dias em que os participantes do estudo também relataram sentir que tinham menos controle sobre suas vidas do que normalmente.”

Artigo com o estudo foi publicado em acesso aberto na revista Mental Health Science.

“Se estes jovens já experimentam níveis historicamente elevados de estresse para a sua idade, e esse estresse afeta a idade que sentem, será importante prestarmos muita atenção aos marcadores que utilizamos para avaliar os aspectos físicos e mentais relacionados com o estresse para a saúde desta geração”, completou Neupert.

O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Paraíba

João Pessoa é o destino com o maior crescimento de busca para viagens em 2024, diz plataforma

João Pessoa - Pontos turísticos para você conhecer!Foto: Reprodução

Um dos principais buscadores de viagens do mundo, o KAYAK, com 10 anos de atuação no Brasil, fez uma análise de busca para onde os viajantes pretendem ir em 2024. O levantamento foi baseado em buscas realizadas na plataforma ao longo do ano de 2023 para viagens que podem acontecer de janeiro a dezembro desse ano. No ranking dos 10 destinos mais procurados no Brasil, sete estão no Nordeste e João Pessoa (PB) é o que apresentou maior volume de busca comparado com 2023, com um crescimento de 49%, apesar de aparecer em nono lugar no Top 10.

O primeiro lugar no ranking nacional é Recife (PE), porém, com um aumento de 25% nas buscas, enquanto São Paulo (SP), que está em segundo lugar, teve um aumento de procura de 2%. Rio de Janeiro (RJ) teve um volume com alta de 7%; Maceió (AL), de 12%; Fortaleza (CE), de 18%; Salvador (BA), de 13%; Natal (RN), alta de 7%; Porto Seguro (BA), com 24%, e Porto Alegre (RS), que fecha o Top 10, com crescimento de apenas 3% nas buscas pelo destino.

Ranking de busca e crescimento

1 – Recife 25%

2- São Paulo 2%

3 – Rio de Janeiro 7%

4 – Maceió 12%

5 – Fortaleza 18%

6 – Salvador 13%

7 – Natal 7%

8 – Porto Seguro 24%

9 – João Pessoa 49%

10 – Porto Alegre 3%

Blog do BG PB

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Brasil

Lula posa para foto segurando bandeira da Palestina e pode aumentar crise com Israel

Foto: Brenno Carvalho

Após a crise com Israel desencadeada pela fala em que comparou a ação militar na Faixa de Gaza ao Holocausto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva posou para fotografias nesta segunda-feira (4) segurando uma bandeira da Palestina.

Lula participou da Conferência Nacional de Cultura, em Brasília. O poeta Antônio Marinho foi ao palco levando uma bandeira da Palestina e cumprimentou as autoridades presentes. Depois de falar com o artista, Lula o chamou e posou para fotos segurando a bandeira.

Em viagem à Etiópia no fim do mês passado, Lula comparou a ofensiva israelense na Faixa de Gaza ao Holocausto. A declaração gerou forte reação do governo de Benjamin Netanyahu, e Lula foi declarado “persona non grata”:

Com informações de O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polêmica

(VÍDEO) Os motoristas da Paraíba criticam a proposta de Lula de regular os aplicativos de Uber e Pop

 

Uber: agora, a tela inicial do app mostra os três principais endereços do usuário (Carl Court/Getty Images)

Os motoristas de aplicativo da Paraíba discordam do Projeto de Lei Complementar (PLC) apresentado pelo presidente Lula (PT) para criar carga horária máxima, salário mínimo e outros direitos aos trabalhadores da Uber e 99, por exemplo.

Neste vídeo, a categoria revelou que acionará parlamentares paraibanos para barrar a aprovação do projeto no Congresso Nacional.

 

O presidente da República, durante evento realizado na tarde desta terça-feira (4), assinou a proposta oficial, que foi encaminhada à Câmara dos Deputados para votação.

A matéria visa estipular algumas propostas para as empresas darem aos seus motoristas, como carga horário máxima de 12h, salário mínimo, cobertura de custos, auxílio maternidade e a aprovação para a causa sindical.

Para receber essa e outras notícias acesse o grupo do BG PB no Whatsapp

Blog do BG PB com MaisPB

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

STF

Barroso diz que Forças Armadas fizeram “papelão” no TSE e foram “arremessadas na política”

Foto: Carlos Moura/SCO/STF

O ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), relembrou e criticou, nesta segunda-feira (4), a atuação das Forças Armadas nos últimos anos, classificando como “papelão” o desempenho dos militares no trabalho em conjunto com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nas últimas eleições.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.